Novo presidente do BB só chega ao Brasil em setembro, diz Rubem Novaes

André Brandão foi indicado oficialmente pelo governo para o cargo

Igor Gadelha
Por Igor Gadelha, CNN  
15 de agosto de 2020 às 15:22 | Atualizado 15 de agosto de 2020 às 15:46

Indicado oficialmente pelo governo nesta sexta-feira (14) para ser o novo presidente do Banco do Brasil, o executivo André Brandão só chegará ao Brasil em setembro.

O aviso foi dado pelo próprio executivo ao atual presidente da instituição, Rubem Novaes, em conversa por telefone nesta sexta-feira, pouco antes do comunicado oficial do banco.

Leia também:

Presidente do Banco Central, Campos Neto é cotado para assumir Economia

A aliados, Bolsonaro põe em xeque manutenção de Guedes na Economia

'A água está fervendo' para o 'sapo' Paulo Guedes, alerta Schwarstman

“Conversamos por telefone. Ele só chega em setembro”, afirmou Novaes à CNN. Até então, Brandão trabalhava no HSBC, em Nova York, onde mora com a família.

novo presidente do Banco do Brasil
André Brandão, novo presidente do Banco do Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em 7 de agosto, a coluna noticiou que ministros e integrantes do Palácio do Planalto já previam que o sucessor de Novaes só tomaria posse no cargo, de fato, em setembro.

À CNN, o ainda presidente do BB mudou o discurso e afirmou que não decidiu se permanecerá no cargo até a posse de Brandão. Até então, Novaes dizia que passaria a faixa para seu sucessor.