Durou um dia: Bolsonaro volta atrás e pede estudo para substituto do auxílio

Responsável pela pesquisa, o senador Márcio Bittar (MDB - AC) afirmou que o governo ainda não sabe de onde vai tirar os recursos

Fernando Nakagawa
Por Fernando Nakagawa, CNN  
17 de setembro de 2020 às 07:15
Capa do podcast Abertura de Mercado
Foto: CNN Brasil

No dia seguinte ao vídeo em que decreta o fim do Renda Brasil, o presidente deu sinal verde para o senador Márcio Bittar, do MDB (AC), trabalhar para a criação de um programa social que possa atender brasileiros que ficarão desassistidos com o fim do auxílio emergencial em 2021.

No episódio de hoje:

- Durou um dia a decisão do presidente Jair Bolsonaro de interromper os planos de criação de um novo programa social nos moldes do Bolsa Família;
- No dia seguinte ao vídeo em que decreta o fim do Renda Brasil, deu sinal verde para o senador Márcio Bittar, do MDB (AC), trabalhar para a criação de um programa social que possa atender brasileiros que ficarão desassistidos com o fim do auxílio emergencial em 2021;
- O senador é relator da proposta de emenda à constituição do Pacto Federativo, projeto que tenta reorganizar a relação entre a união, estados e municípios;
- Após reunião com o presidente no Palácio do Planalto, Bittar disse que eles não discutiram de onde sairiam os recursos para bancar o programa. A intenção é apresentar um desenho na próxima semana;
- Antes de apresentar à sociedade, o senador diz que o texto será levado a Bolsonaro para que ele dê a última palavra sobre o tema;
- Bittar teve ainda uma reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes;
- Ele disse aos jornalistas que o gasto com o novo programa social deverá ser estar no orçamento, mas os recursos não precisam ser detalhados;
- Explicou: “o que pode acontecer é você criar o programa, a rubrica, e esmiuçar isso mais para frente. Não é preciso obrigatoriamente criar, dizer quanto é o valor, de onde vai sair tudo num primeiro momento”;
- Como esperado, o Banco Central manteve o juro básico da economia em 2% ao ano;
- Assim, interrompeu o ciclo de nove cortes que começou em meados de 2019, bem antes da pandemia;
- Quando os juros começaram a cair, a taxa selic estava em 6,5%; 
- O mercado prevê que o juro deve voltar a subir gradualmente apenas a partir de meados do ano que vem;
- No comunicado divulgado ontem, o BC diz que não pretende mexer nos juros a menos que as expectativas de inflação subam ou não seja mais mantido o atual regime das contas públicas;
- Quem também teve reunião foi o Federal Reserve, o Banco Central dos Estados Unidos;
- O comunicado divulgado após a reunião indicou que o juro não deve subir nos EUA pelo menos até o fim de 2023;
- Essa sinalização influenciou principalmente o mercado de câmbio por aqui, e o dólar caiu 0,91%, para R$ 5,24;
- Na bolsa, o mercado seguiu sem força de olho no contexto econômico e político doméstico e fechou o dia em queda de  de 0,61%, mais uma vez abaixo dos 100 mil pontos, aos 99.680 pontos;
- O ministro das Comunicações Fábio Faria disse que já haveria cinco empresas interessadas na privatização dos Correios;
- Entre as citadas pelo ministro, estão a brasileira Magazine Luiza, a norte-americana Fedex e a alemã DHL;
- O suposto interesse de cinco grupos mostraria, segundo o ministro, que o processo de privatização dos Correios não seria esvaziado;
- Apesar de contar com as empresas no leilão, o ministro diz que ainda é preciso definir aspectos importantes nesse processo de venda;
- Um desses pontos é a obrigação que os Correios têm de atender todo o Brasil;
- Ele explicou: "quem vai estabelecer as diretrizes e parâmetros é o Congresso e a consultoria que cuida do processo;
- O governo da Argentina anunciou novas medidas para restringir a compra de dólares pelos argentinos;
- Entre as medidas, o Banco Central adotou um imposto extra de 35% sobre todas as transações em dólar, como compras e viagens internacionais;
- Esse novo tributo – uma espécie de IOF que se paga aqui no Brasil quando uma compra é feita em dólares – será somado à alíquota de 30% já cobrada atualmente;
- Ou seja, os argentinos que comprarem US$ 100 no cartão pagarão na fatura do cartão US$ 165 por causa do imposto;
- Nessa conta serão incluídos os principais serviços da internet, como Netflix, Spotify, Apple Store e Google Play;
- O único grande serviço da internet que não é cobrado em dólar dos argentinos é o Amazon Prime;
Essas medidas todas têm como objetivo tentar conter a sangria de dólares das reservas internacionais;
- Dados do Banco Central indicam que há US$ 42 bilhões em reservas argentinas, mas os compromissos futuros do governo consomem boa parte desse dinheiro;
- A Boeing escondeu falhas no avião modelo 737 Max de autoridades e pilotos;
- Essa informação foi publicada um relatório parlamentar que indica culpa da Boeing nas falhas que geraram acidentes fatais com o modelo;
- O relatório da Comissão de Transportes da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos concluiu que a empresa usou atalhos no desenvolvimento do avião e pressionou autoridades a negligenciar aspectos do projeto;
- A intenção da Boeing era acelerar o projeto para tentar impedir o avanço da concorrente europeia Airbus;
- Relatório diz que nos acidentes fatais da Ethiopian Airlines e da Indonésia Lion Air um defeito em um sensor ativou o sistema de estabilização, o que pressionou a parte da frente do avião para baixo e gerou a perda de controle dos pilotos;
- O relatório de 238 páginas foi produzido após 17 meses de investigação que reuniu 600 mil páginas em documentos.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook