Quer investir em BDRs? Confira sete dicas de ativos – de Facebook a Microsoft

Diversificação da carteira e desburocratização do processo estão entre as vantagens do investimento em BDRs

Leonardo Guimarães, do CNN Brasil Business, em São Paulo
22 de outubro de 2020 às 14:09
Aplicativo do Facebook em um smartphone: investir em BDRs da companhia pode ser uma boa, segundo a XP
Foto: Dado Ruvic/Reuters (06.jan.2020)

A novidade da semana é a entrada em vigor de regras que deixam os BDRs (Brazilian Depositary Receipts) mais acessíveis para a maioria dos investidores. A partir de hoje (22), pessoas com menos de R$ 1 milhão investidos conseguem comprar os papéis lastreados em ações listadas em bolsas de outros países. 

Diversificação da carteira, desburocratização do processo e receber os mesmos direitos que acionistas diretos das empresas estão entre as vantagens do investimento em BDRs

Leia também:
BDRs mais acessíveis: veja as vantagens de investir na Apple, Tesla e Alibaba
Apple amplia modelo de lojas 'rápidas' para "colocar iPhone na mão de clientes"
Tudo sobre o iPhone 12, que tem 5G e câmera boa, mas não vem com carregador

Como isto é algo novo para muita gente, as corretoras fizeram questão de fazer estudos sobre o tema e recomendação de alguns papéis.

O CNN Brasil Business separou algumas dicas da XP Investimentos e da Easynvest. Confira, a seguir:

Facebook (FCBK34)

Esta é uma boa para quem quer investir em tecnologia. O Facebook conta com uma base de 2,5 bilhões de pessoas acessando pelo menos uma de suas plataformas – Instagram, WhatsApp, Messenger e, claro, Facebook. 

O BDR da empresa é uma das principais recomendações de analistas da XP Investimentos. No último fechamento, do dia 21, o ativo custava R$ 56. 

Apple (AAPL34) 

O BDR da maior empresa do mundo – em valor de mercado – é destaque de um estudo da Easynvest que leva consideração fatores como retorno em dividendos, margem líquida, retorno sobre o patrimônio líquido e, claro, valorização do ativo. 

Recentemente, a Apple promoveu um desdobramento de suas ações, um movimento que transformou uma ação da empresa em quatro. Portanto, ficou mais fácil investir na empresa. 

Um BDR da Apple custava R$ 65,86 no último fechamento. Ou seja, eram precisos R$ 658 para comprar um lote de dez BDRs da companhia. 

Berkshire Hathaway (BERK34)

Esta é a holding dirigida pelo investidor mais reconhecido do mundo, Warren Buffet. A XP destaca a oprtunidade a longo prazo que o papel da emrpesa representa e "o compromisso de Buffet com uma gestão transparente e com alto nível de governança corporativa". 

A empresa tem participação em vários segmentos, de joalherias ao segmento de refrigerantes. Mas a maioria de suas receitas vem do setor de seguros. 

Para comprar um BDR da empresa de Warren Buffet, o investidor precisa desembolsar R$ 1,184,23.

Johnson & Johnson (JNJB34)

Muito exposto pelo sucesso – ou fracasso – da vacina que vem desenvolvendo contra a Covid-19, o BDR da empresa de saúde é considerado um bom investimento pela XP.

“A ação tende a ser defensiva para ambientes incertos, dado que a empresa é uma sólida pagadora de dividendos”, afirma relatório da empresa. 

No ano passado, a Johnson e Johnson aumentou pelo 57º ano consecutivo o valor de seus dividendos. No último fechamento, o BDR da companhia valia R$ 817,13.

Amazon (AMZO34)

A maior varejista do planeta é uma das que só cresceu nos últimos anos. Uma das queridinhas dos investidores, a empresa de Jeff Bezos fatura US$ 40 bilhões por ano com seu braço de computação em nuvem, a AWS (Amazon Web Services).

Segundo a XP, “a empresa está bem posicionada para se beneficiar da migração para o digital, devido à sua capacidade logística e tecnológica”. 

E a participação da empresa no comércio brasileiro só cresce. Vale ficar de olho na Amazon. 

O BDR da Amazon custava, no último fechamento. R$ 8.950,63. 

Microsoft (MSFT34)

Líder absoluta no mercado global de sistemas operacionais, a Microsoft ainda tem muito potencial de crescimento. Isso porque a empresa, assim como a Amazon, tem investimento em computação em nuvem – com a Azure –, games em nuvem e vem se dando bem com o crescimento do trabalho remoto. 

O ativo lastreado na ação da Microsoft listada na Nasdaq custava, no último dia 21, R$ 1.205,11. 

Activision Blizzard (ATVI34)

A desenvolvedora de jogos famosos como Call of Duty , World of Warcraft e Candy Crush possui mais de 130 milhões de jogadores mensais. A XP Investimentos aposta no crescimento da empresa via jogos grátis, com compras dentro da plataforma e jogos para dispostivios móveis, como o Candy Crush. 

No último fechamento, o BDR valia R$ 462,01.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook