Acionistas da Linx terão de deliberar sobre adesão da StoneCo ao Novo Mercado

Para a B3, o item do acordo entre Linx e Stone sobre aplicação de multa em caso de não aprovação da StoneCo ao Novo Mercado é incompatível com o segmento

Paula Arend Laier, da Reuters
26 de outubro de 2020 às 10:04
Linx: aplicação de multa caracteriza infração ao regulamento do Novo Mercado
Foto: Wolfgang Rattay/Reuters


A B3 determinou que a Linx adote medidas cabíveis para garantir que seus acionistas deliberem sobre a dispensa da adesão da StoneCo ao segmento Novo Mercado sem que lhes seja imposto qualquer tipo de ônus, de acordo com fato relevante da empresa de softwares.

No entendimento da Diretoria de Emissores da B3, o item do Acordo de Associação entre Linx e Stone "que trata da aplicação de multa pela não aprovação da adesão da STNE ao Novo Mercado é incompatível com os princípios que norteiam tal segmento, caracterizando infração ao seu Regulamento".

Leia também:
Pix vai consolidar a relação que temos com os clientes, diz presidente da Stone
CVM vê impedimento a voto de fundadores da Linx em assembleia

O conselho da Linx aprovou no começo de outubro protocolo para ser incorporada pela companhia de meios de pagamentos StoneCo e marcou para 17 de novembro assembleia de acionistas para aprovação do negócio anunciado em agosto.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook