Mackenzie Scott, ex de Jeff Bezos, doa US$ 4 bilhões a instituições de caridade

Em publicação nas redes sociais, ela afirmou que os bilionários ficaram ainda mais ricos durante a pandemia

Washington Luiz, colaboração para o CNN Brasil Business*
16 de dezembro de 2020 às 11:23


A ex-mulher do bilionário Jeff Bezos, o dono da Amazon, anunciou uma doação de mais de US$ 4 bilhões para caridade (cerca de R$ 20 bilhões). Mackenzie Scott fez a sua segunda maior contribuição do ano: foram US$ 4,2 bilhões distribuídos entre 384 organizações, mais de US$ 100 milhões para cada grupo. Em julho, a ex-esposa de Bezos havia doado quase US$ 2 bilhões para 116 organizações.

Na doação mais recente, os alvos principais na lista de Mackenzie são instituições que atuam em comunidades desfavorecidas e também em apoio às mulheres. Em publicação numa rede social, ela afirmou que os bilionários ficaram ainda mais ricos durante a pandemia.

Leia também:

Quem é Elon Musk e por que você precisa saber disso?
Jeff Bezos começa megaprojeto de doar US$ 10 bi para iniciativas ambientais

Mackenzie Scott disse que selecionou as instituições com a ajuda de um grupo de especialistas que a auxilia. 

“Pedi a uma equipe de consultores que me ajudasse a acelerar minha contribuição para 2020, por meio de apoio imediato às pessoas que sofrem os efeitos econômicos da crise. Eles adotaram uma abordagem baseada em dados para identificar organizações com fortes equipes de liderança e resultados, com atenção especial para aquelas que operam em comunidades que enfrentam alta projeção de insegurança alimentar, altas medidas de desigualdade racial, altas taxas de pobreza local e baixo acesso ao capital filantrópico”, detalhou em uma publicação no site Medium. 

Ainda de acordo com o texto, as doações foram direcionadas para projetos que atendem às necessidades básicas da população, como bancos de alimentos, fundos de auxílio de emergência e serviços de apoio para os mais vulneráveis.

“Essas 384 equipes, cuidadosamente selecionadas, dedicam suas vidas a ajudar os outros, trabalhando, se voluntariando e atendendo pessoas reais, cara a cara, nas cabeceiras e mesas, em prisões, tribunais, salas de aula, nas ruas e enfermarias de hospitais, nas linhas de frente de todos os tipos e tamanhos, dia após dia após dia”, completou. 

Scott foi casada com Bezos por 25 anos. Após se divorciar do dono da Amazon, em 2019, Mackenzie teve direito a 25% da fortuna do bilionário. A estimativa é que ela tenha mais de US$ 60 bilhões em sua conta bancária, o que equivale a pouco mais do que o PIB do Uruguai, de US$ 59 bilhões.

Em maio do ano passado, ela passou a fazer parte do Giving Pledge e prometeu doar pelo menos metade de sua fortuna. A organização, fundada em 2010 pelos bilionários Warren Buffett e Melinda e Bill Gates, incentiva outros bilionários a doar o seu patrimônio ainda em vida para a filantropia. 

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mackenzie Scott, ex-mulher de Jeff Bezos, fez doação de US$ 4 bilhões 
Foto: CNN Brasil (16.dez.2020)

*Com CNN