Nova carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial da B3 começa hoje

A carteira reúne empresas que adotam boas práticas ambientais, sociais e de governança.

Thâmara Kaoru, do CNN Brasil Business, em São Paulo
04 de janeiro de 2021 às 08:39
Pessoa segura celular e acompanha investimentos
Investimentos: 16ª edição do Índice de Sustentabilidade Empresarial valerá até 30 de dezembro deste ano
Foto: Austin Distel/Unsplash

Começa a valer nesta segunda-feira (4) a 16ª carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial, o ISE B3. A carteira reúne empresas que adotam boas práticas ambientais, sociais e de governança.

Neste ano, serão 46 ações de 39 empresas de 15 setores. Estão na lista AES Tietê, B2W, Banco do Brasil, BR Distribuidora, Bradesco, BRF, BTG, CCR, Cemig, Cielo, Copel, Cosan, CPFL, Duratex, Ecorodovias, EDP, Eletrobras, Engie, Fleury, GPA, Itaú Unibanco, Itaúsa, Klabin, Light, Lojas Americanas, Lojas Renner, M. Dias Branco, Marfrig, Minerva, Movida, MRV, Natura, Neoenergia, Petrobras, Santander, Suzano, Telefônica, Tim e Weg.

Juntas, as companhias somam 1,8 trilhão em valor de mercado. Isso equivale a 38% do total do valor das companhias com ações negociadas na B3. A 16ª carteira do ISE B3 valerá até 30 de dezembro deste ano.

Leia também:
Confira os melhores investimentos em renda fixa e renda variável para 2021
Ouro é o investimento que teve maior rentabilidade em 2020
Com alta de 11%, bitcoin passa de US$ 30 mil e bate novo recorde

Como as empresas são selecionadas?

A seleção das empresas que farão parte da carteira do ISE B3 é feita anualmente por meio de processo público, que inclui responder a um questionário sobre práticas de gestão da companhia nas seguintes dimensões: ambiental, econômico-financeira, geral, governança corporativa, mudança do clima e natureza do produto e social.

Com base nos resultados, o conselho deliberativo escolhe as empresas que integrarão a carteira do índice no ano seguinte. Podem participar do processo as companhias detentoras das 200 ações mais líquidas da B3.