Kraft Heinz vende negócio de snacks por US$ 3,35 bilhões

A transação envolve as marcas de snacks Planters e Corn Nuts. Segundo a empresa, a unidade de castanhas contribuiu com cerca de US$ 1,1 bilhão em 2020

Do CNN Brasil Business, em São Paulo
11 de fevereiro de 2021 às 16:15 | Atualizado 11 de fevereiro de 2021 às 17:23
Krakt Heinz
Foto: Reprodução/YouTube

A Kraft Heinz, controlada pelo fundo 3G Capital, de Jorge Paulo Lemman e Beto Sucupira, e por Warren Buffett, anunciou nesta quinta-feira (11) um acordo para vender seu negócio de castanhas para a norte-americana Hormel Foods por US$ 3,35 bilhões – cerca de R$ 18 bilhões. A transação deve ser concluída no primeiro semestre deste ano e ainda está sujeita a aprovação dos órgãos reguladores dos Estados Unidos.

A transação envolve as marcas de snacks Planters e Corn Nuts. “O negócio nos permite focar em áreas com maiores perspectivas de crescimento e vantagem competitiva”, disse o CEO da Kraft Heinz, Miguel Patricio, em comunicado. 

A  Kraft Heinz vai vender suas instalações de produção de milho e nozes em Fresno, na Califórnia, e as instalações de produção da Planters em Fort Smith, no Arkansas, e Suffolk, em Virginia. Essas plantas e seus funcionários continuarão operando normalmente.

Segundo a empresa, a unidade de castanhas contribuiu com cerca de US$ 1,1 bilhão nas vendas da Kraft Heinz em 2020, tendo como principal mercado os Estados Unidos. 

“Este é um ótimo exemplo de como usar o gerenciamento ágil de portfólio para melhorar nossa trajetória de crescimento”, disse, Paulo Basilio CFO da Kraft Heinz.