Recife destina R$ 4 milhões para 27 mil pessoas afetadas pela falta do Carnaval

 Em entrevista à CNN, o prefeito de Recife, João Campos (PSB), falou sobre ações para minimizar o impacto econômico da pandemia na capital pernambucana

Produzido por Elis Franco, da CNN, em São Paulo
16 de fevereiro de 2021 às 12:42

A prefeitura do Recife (PE) vai destinar R$ 4 milhões para 27 mil pessoas afetadas pela falta do Carnaval em 2021. Nomeado de AME (Auxílio Municipal Emergencial), o benefício será concedido para cerca de 160 agremiações e mil atrações artísticas, entre cantores, grupos e bandas, que se apresentaram no Carnaval recifense do ano passado.

"O Carnaval é uma apoteose da cultura e da tradição, mas também é o momento onde muitas famílias fazem a renda para garantir boa parte do ano", disse o prefeito de Recife, João Campos (PSB), em entrevista à CNN nesta terça-feira (16).

O valor do auxílio será calculado de acordo com o cachê ou subvenção concedidos durante o Carnaval de 2020, respeitando o teto de R$ 10 mil. "Também fizemos ações com todos os catadores de reciclagem, comerciantes informais e pessoas que trabalharam vendendo artesanato no Carnaval", acrescentou Campos. Doações de cestas básicas para os profissionais do Carnaval cadastrados pela prefeitura também foram realizadas. Segundo Campos, a medida será válida somente para o mês de fevereiro.

Carnaval de Recife 2020
Foto: Governo do Estado de Pernambuco