Barkin, do Fed, se diz "bastante otimista" sobre cenário para EUA

Para ele, o otimismo é graças ao progresso que autoridades de saúde parecem estar fazendo no controle da pandemia da Covid-19

Dan Burns, da Reuters
17 de fevereiro de 2021 às 12:44 | Atualizado 17 de fevereiro de 2021 às 12:45
Fed
Edifício do Federal Reserve em Washington, Estados Unidos (19.mar.2019)
Foto: Leah Mills/Reuters

O presidente do Federal Reserve Bank de Richmond, Thomas Barkin, disse nesta quarta-feira (17) ver três fases para a economia dos Estados Unidos neste ano e que, no geral, está "bastante otimista" graças ao progresso que autoridades de saúde parecem estar fazendo no controle da pandemia da Covid-19.

O primeiro terço do ano será o mais desafiador, com uma necessidade contínua de medidas para apoiar trabalhadores desempregados e pequenas empresas, enquanto os esforços de vacinação ganham força, disse ele em evento virtual organizado pela Câmara de Comércio de Maryland.

A segunda fase, por volta do meio do ano, terá populações vacinadas voltando a se envolver em atividades as quais precisaram deixar de fazer durante grande parte do ano passado. Barkin disse ver uma boa "demanda reprimida" por atividades, incluindo viagens e entretenimento.

O último terço do ano deve mostrar retorno a um ambiente de negócios mais normal, disse Barkin. No entanto, a plataforma mais importante para alcançar sua perspectiva é o sucesso na frente da saúde pública, disse ele.