Deputado quer prorrogar por 90 dias prazo para entrega da declaração do IR 2021

O texto, que tramita na Câmara, também determina que os lotes de restituição comecem a ser pagos em 20 de maio deste ano

Por Murilo Souza, Agência Câmera de Notícias
09 de março de 2021 às 18:11 | Atualizado 09 de março de 2021 às 18:31
Calculadora relógio e cofrinho, Imposto de Renda
Foto: Getty Images/Nora Carol Photography

O Projeto de Lei 639/21 prorroga até 31 de julho de 2021 o prazo final para o envio à Receita Federal da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) de 2021, referente ao ano-calendário de 2020.

O texto, que tramita na Câmara dos Deputados, também determina que os lotes de restituição comecem a ser pagos em 20 de maio deste ano.

O prazo atual para a entrega da declaração do IRPF se encerra em 30 de abril.

Autor do projeto, o deputado Rubens Bueno (Cidadania-PR) defende a prorrogação do prazo por 90 dias para permitir que, em meio à pandemia de Covid-19, os contribuintes tenham tempo hábil para conseguir todos os documentos exigidos para o preenchimento correto da declaração.

“Não há, neste momento, qualquer justificativa plausível para que os façamos sair de casa para buscar os documentos necessários para a declaração do imposto de renda”, disse