Ticket Log: Preços de combustíveis automotivos voltam a subir nos postos em maio

O Sudeste continua a ser a região onde é vendida a gasolina mais cara do país e onde os porcentuais de alta do óleo diesel e do etanol foram os mais elevados

Por Fernanda Nunes, do Estadão Conteúdo
24 de maio de 2021 às 19:59
Funcionário de posto de gasolina abastece carro em São Paulo (22/08/2013)
Funcionário de posto de gasolina abastece carro em São Paulo
Foto: Paulo Whitaker/Reuters

Os preços dos combustíveis automotivos voltaram a subir em maio, nos postos revendedores, segundo o Índice de Preços Ticket Log (IPTL). O Sudeste continua a ser a região onde é vendida a gasolina mais cara do país e onde os porcentuais de alta do óleo diesel e do etanol foram os mais elevados neste mês.

No Sudeste, o diesel comum ficou 6,5% mais caro, na passagem de abril para maio, e o S-10, com menos teor de enxofre, 6,36%. Já o etanol avançou 5,13% e a gasolina, 1,09%, considerando a mesma base de comparação.

Rio de Janeiro e Minas Gerais são os dois Estados onde os preços dos combustíveis estão mais altos. Já em São Paulo são encontrados os menores valores.

No Espírito Santo foram registrados os menores aumentos de preços da gasolina e do etanol no início de maio, na comparação com o fechamento de abril.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base em abastecimentos realizados em 18 mil postos credenciados à Ticket Log.