PIB da cidade do Rio de Janeiro pode chegar a 5% com vacinação em massa

Até o momento, 40,8% dos cariocas já receberam pelo menos uma dose do imunizante

Lucas Janone, da CNN Brasil, no Rio de Janeiro
22 de junho de 2021 às 09:44 | Atualizado 22 de junho de 2021 às 10:39
Vacina contra a covid-19 sendo aplicada
Vacinação contra a covid-19
Foto: NurPhoto/Colaborador/GETTY IMAGES

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Rio de Janeiro já projeta uma melhora na economia da capital fluminense em função da vacinação contra a Covid-19. Um levantamento da prefeitura, que será divulgado oficialmente somente na próxima semana, aponta que a alta do Produto Interno Bruno (PIB) municipal pode chegar a 5% em 2021.  

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Francisco Siemsen Bulhões, afirmou que a imunização na cidade do Rio já possibilitou que o setor de serviços crescesse 1,5% nos últimos quatro meses deste ano na comparação ao mesmo período de 2020. 

“Sentimos diferença nos números por conta da vacinação. Com o avanço da vacinação, medidas mais restritivas já foram flexibilizadas, medidas que impactam principalmente o setor de serviços. Esse setor é responsável por 86% da economia do Rio e por 70% da economia do país. E foi um dos mais impactados pela pandemia.” 

Além da vacinação contra o coronavírus, um primeiro trimestre acima das expectativas também contribuiu para a projeção de cerca de 5%.

Até esta terça-feira (22), a prefeitura do Rio de Janeiro já imunizou 2,75 milhões de pessoas com pelo menos uma dose, o que representa 40,8% do público-alvo. Ao todo, 975 mil cariocas já estão totalmente imunizados.