China vai reforçar supervisão de empresas chinesas listadas no exterior

Anúncio acontece depois de o governo iniciar uma investigação sobre segurança cibernética envolvendo a gigante Didi Global

Colin Qian, Judy Hua, Kevin Yao e Tony Munroe, da Reuters
06 de julho de 2021 às 09:50
Bolsa na China
Foto: d3sign / Getty Images

 

A China intensificará a supervisão de empresas chinesas listadas no exterior, disse seu gabinete nesta terça-feira (6), dias depois de autoridades do país lançarem uma investigação sobre segurança cibernética envolvendo a gigante Didi Global, pouco após seu IPO no mercado acionário norte-americano.

Sob as novas medidas, a China vai melhorar a regulamentação dos fluxos de dados e segurança transfronteiriços, reprimir atividades ilegais no mercado de valores mobiliários e punir a emissão fraudulenta de valores mobiliários, manipulação de mercado e informações privilegiadas, segundo o comunicado.

A China também verificará as fontes de financiamento para investimento em títulos e as taxas de alavancagem de controle.