Carteira de dividendos: veja as ações mais recomendadas por corretoras para junho

Dividendos são uma parcela do lucro apurado de uma companhia e distribuído aos acionistas, podendo ser pago de forma mensal, trimestral ou semestral

Saldo atual total em 2022 é de entrada de R$ 49,3 bilhões, até 18 de maio
Saldo atual total em 2022 é de entrada de R$ 49,3 bilhões, até 18 de maio Getty Images

Artur Nicocelido CNN Brasil Business

em São Paulo

Ouvir notícia

Para os investidores que costumam montar suas carteiras focadas em dividendos, alguns analistas de mercado apontaram que o foco para junho deve ser os bancos, as ações ligadas a commodities, principalmente minério de ferro e petróleo, e os papéis de companhias conhecidas como utilities (que operam no mercado de energia e com concessão).

Fabio Louzada, economista e fundador da empresa Eu Me Banco, afirma ainda que no radar dos investidores deve estar na questão dos juros, já que quanto maior a taxa Selic, menor é o caixa de grande parcela das empresas e, dessa forma, menor serão os dividendos.

Ele acredita que os juros no Brasil chegarão aos 13,5% até o fim de 2022. Hoje, está em 12,75% a.a..

Porém, Bruno Madruga, head de renda variável e sócio da Monte Bravo Investimentos, destaca que o setor de bancos pode se beneficiar dependendo da atitude tomada pelo Copom (Comitê de Política Monetária) na próxima reunião, marcada para 14 e 15 de junho.

Os bancos são fomentares de crédito e as empresas precisam pegar dinheiro emprestado para aumentar seus negócios, explica o especialista. Assim, os bancos emprestam o dinheiro a taxas mais elevadas, aumentando o spread bancário e, consequentemente, valorizando seus lucros e garantindo mais dividendos.

Os dividendos são uma parcela do lucro apurado de uma companhia e distribuído aos acionistas, podendo ser pago de forma mensal, trimestral ou semestral. O montante depende de questões macroeconômicas, setoriais e individuais de cada empresa, e como esses aspectos influenciam em cada desempenho corporativo.

Ao mesmo tempo, Madruga, indica os papéis das empresas que trabalham no setor de energia, pois, as ações são conhecidas por serem resilientes em momentos de forte volatilidade, como ocorreu nas últimas semanas.

Já Luiz Adriano Martinez, portfólio manager da Kilima Asset, explica que, por conta da reabertura da China, após um novo lockdown por conta do coronavírus, e os estímulos econômicos do país tendem a valorizar o preço das matérias-primas já que a região é uma forte consumidora.

Com a retomada do ciclo global, as companhias brasileiras do setor tendem a gerar mais caixa e, consequentemente, aumentar seus dividendos.

Carteira de dividendos

Para a carteira de dividendos de março, o CNN Brasil Business reuniu as recomendações de Santander, Guide, Órama, Warren, Terra, XP, NuInvest, BTG Pactual e Elite.

Veja o que especialistas comentaram sobre as companhias mais recomendadas para junho:

Banco do Brasil

Ação: BBAS3

Comentário: Terra Investimentos

A companhia vem apresentando forte crescimento de crédito (especialmente no crédito rural e em alguns segmentos para pessoas físicas) e boa qualidade da carteira e está pronta para apresentar números fortes em 2022, colocando a instituição em um grande desconto em relação aos seus pares, e garantindo um retorno interessante em termos de dividendos para o acionista.

Atualmente, o BB é negociado a cinco vezes Preço/Lucro(P/L) contra a média dos pares brasileiros de nove vezes. O PL é um indicador que relaciona o valor de mercado de uma ação com o lucro apresentado ou projetado pela empresa em questão.

Petrobras

Ação: PETR4

Comentário: NuInvest

A Petrobras divulgou um trimestre com números expressivos, mas isso já era esperado. O que roubou a cena foi o anúncio da distribuição de dividendos. Com mais um trimestre de forte geração de caixa, a companhia foi capaz de reduzir a dívida, agora em 0,8x dívida líquida/Ebitda, permitindo a forte distribuição de proventos.

Engie

Ação: EGIE3

Comentário: Órama

A Engie é uma empresa com foco em geração de energia elétrica, mas também com participações em distribuição e  em gás natural.

Desde a privatização foi excelente pagadora de dividendos, bem como excelente alocadora de capital, entrando em projetos atípicos com alta taxa de retorno e tendo sucesso consistente. Além das boas perspectivas associadas às iniciativas recentes no mercado de gás e em eólicas.

Recomendamos a ação nesta carteira especialmente pelos proventos recorrentes que a companhia paga aos acionistas.

Vale

Ação: VALE3

Comentário: BTG Pactual

A administração continua altamente disciplinada na alocação de capital, o que ainda implica que a maior parte da agenda deve envolver retornos de caixa aos acionistas.

Também esperamos que os problemas de produção de minério de ferro em Carajás se dissipem (ajudando a produção e a diluição de custos fixos) e melhorando os resultados de sua unidade de metais básicos subvalorizada em 2022.

Os preços do minério de ferro devem permanecer sustentados no curto prazo, à medida que a produção de aço chinesa se recupera das mínimas (devido ao estímulo e relaxamento das restrições à poluição), bem como da oferta marítima apertada (principais players lutando para estabilizar a produção).

Também acreditamos que a empresa continuará apresentando um progresso tangível na frente ESG, removendo o desconto excessivo atualmente atribuído ao preço de suas ações.

Mais Recentes da CNN