Combustíveis: Senado chama Guedes e presidente da Petrobras para explicarem preços

Audiências na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) devem acontecer no dia 23 de novembro; preço dos combustíveis atinge a quinta semana de alta

Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

Gabrielle Varelada CNN

em Brasília

Ouvir notícia

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), do Senado Federal, marcou para dia 23 de novembro a audiência com os ministros da Economia Paulo Guedes, de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna.

O convite foi aprovado nesta terça-feira (9) na comissão. As três autoridades devem ser ouvidas sobre os sucessivos aumentos dos combustíveis. Por se tratar de um convite, a presença dos ministros não é obrigatória.

Os preços da gasolina, do diesel e do gás de botijão voltaram a subir na última semana, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

É a quinta semana consecutiva de aumento. O litro da gasolina já é vendido a até R$ 7,99 no país. O estado com o valor mais baixo é o Amapá, onde o preço máximo fica em R$ 6,23.

Em setembro, Silva e Luna prestou esclarecimentos sobre o mesmo tema na Câmara dos Deputados. À época, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que as justificativas do presidente da Petrobras “não foram satisfatórias”.

Mais Recentes da CNN