Líder do Senado dos EUA anuncia acordo para estender o teto da dívida americana

Chuck Schumer afirmou que a mudança deve ser feita até o início de dezembro

Líder do Partido Democrata no senado dos EUA, atual maioria, Chuck Schumer
Líder do Partido Democrata no senado dos EUA, atual maioria, Chuck Schumer REUTERS/Elizabeth Frantz

Ali ZaslavClare Foranda CNN

Ouvir notícia

O líder do Senado americano, Chuck Schumer, anunciou na manhã desta quinta-feira (7) que um acordo foi alcançado para a extensão do teto da dívida do país até o início de dezembro, um grande avanço para evitar o desastre econômico, após semanas de discussões e impasse partidário sobre como resolver a questão.

“Chegamos a um acordo para estender o teto da dívida até o início de dezembro e esperamos que isso seja feito hoje”, disse Schumer.

O anúncio foi feito um dia depois que o líder da minoria no Senado, Mitch McConnell, apresentou publicamente uma proposta para evitar uma crise, o que gerou negociações entre as duas partes para chegar a um acordo.

A secretária do Tesouro, Janet Yellen, alertou os legisladores que o governo federal provavelmente ficará sem dinheiro em 18 de outubro, a menos que o Congresso aumente o teto da dívida.

Texto traduzido. Leia o original em inglês.

Mais Recentes da CNN