Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Equipe econômica recebe sinais de “moderação” de emissários de Milei

    Pessoas próximas ao ministro da Fazenda Fernando Haddad, com as quais a CNN falou, esperam uma diferença grande entre o discurso de campanha e a prática do dia a dia em relação ao Mercosul

    Javier Milei
    Javier Milei Reprodução/Facebook

    Raquel Landimda CNN

    Ouvir notícia

    A equipe econômica brasileira recebeu sinais de moderação de emissários de Javier Milei, presidente eleito da Argentina, apurou a CNN.

    Após a esmagadora vitória da noite deste domingo (19), já chegaram mensagens de que ele sabe que é preciso que o mercado brasileiro é importante para os exportadores argentinos.

    Pessoas próximas ao ministro da Fazenda Fernando Haddad, com as quais a CNN falou, esperam uma diferença grande entre o discurso de campanha e a prática do dia a dia em relação ao Mercosul.

    “Acirrar a relação com o Brasil só pira a situação da Argentina, que já é muito complicada. Os exportadores argentinos precisam do acesso ao mercado brasileiro”, diz uma fonte da equipe econômica que acredita ainda ser possível salvar o acordo Mercosul-União Europeia, já que Milei é a favor do livre comércio.

    Também há muitas dúvidas na equipe econômica se Milei será capaz de cumprir a promessa de dolarizar a economia por falta de dólares.

    A avaliação é que a única alternativa seria com apoio dos Estados Unidos, o que não vai ocorrer enquanto Joe Biden estiver na Presidência.

    Mesmo numa eventual vitória de Donald Trump nas próximas eleições, há dúvidas se os americanos topariam assumir esse risco e abrir o precedente para outros países do mundo.

    Argentina: desvalorização do peso é esperada após resultado da eleição

    Mais Recentes da CNN