Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Serviços na China caem em agosto para o nível mais baixo em oito meses

    PMI de serviços gerais caiu 2,3 pontos ante julho e registra 51,8

    Economia chinesa vem enfrentando desafios desde o começo do 2º trimestre
    Economia chinesa vem enfrentando desafios desde o começo do 2º trimestre REUTERS/Aly Song/File Photo

    Juliana Liuda CNN

    Hong Kong

    O índice de gerentes de compras (PMI) de serviços gerais da Caixin China caiu para 51,8 em agosto, chegando ao nível mais baixo em oito meses.

    O dado que calcula a atividade empresarial da China no setor de Serviços caiu 2,3 pontos ante julho, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (5) pela Caixin Media e S&P Global.

    Uma leitura acima de 50 indica expansão, enquanto qualquer valor abaixo desse nível mostra contração.

    “A desaceleração na atividade empresarial coincidiu com um aumento mais fraco no volume geral de novos negócios. As novas encomendas aumentaram modestamente e a um ritmo abaixo da média observada para 2023 até à data”, afirmaram a Caixin e a S&P num comunicado.

    A queda ocorreu em parte devido à menor procura externa por serviços chineses, acrescentaram, citando evidências de encomendas estrangeiras lentas.

    O resultado ficou em grande parte em linha com os dados oficiais do PMI de agosto divulgados na semana passada pelo Departamento Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês), que mostraram uma desaceleração na procura de serviços.

    O subíndice da indústria de serviços, a maior fonte de emprego para os jovens, caiu para o nível mais baixo no mês passado desde janeiro, de acordo com o NBS, e ficou muito abaixo dos níveis pré-pandemia.

    Em comparação com a pesquisa oficial, o indicador Caixin/S&P concentra-se nas pequenas empresas e nas empresas privadas.

    Depois de um forte início de 2023, após o fim das restrições da pandemia, o crescimento econômico na China estagnou.

    Desde abril, uma série de dados econômicos e estatísticas populacionais suscitaram preocupações de que a China possa estar enfrantando um período de crescimento muito mais lento.

    Desde então, o governo lançou um fluxo constante de iniciativas destinadas a restaurar a confiança na segunda maior economia do mundo.

    Veja também: China vem usando comida de rua para movimentar economia

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original