Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ação da Petrobras sobe 2% com falas da nova presidente e alta do petróleo

    Magda Chambriard ressaltou que a estatal será “perfeitamente” capaz de dar retorno aos investidores

    Logo da Petrobras em edifício no Rio de Janeiro
    Logo da Petrobras em edifício no Rio de Janeiro 17/7/2023 REUTERS/Ricardo Moraes/Arquivo

    Da CNN* São Paulo

    As ações da Petrobras fecharam em alta firme nesta terça-feira (28), com a reação positiva dos investidores após as primeiras falas de Magda Chambriard à frente da estatal.

    O desempenho positivo também teve um empurrão do petróleo no mercado internacional, que subiu mais de 1% em meio ao encrudescimento das tensões geopolíticas e expectativa de aperto na produção global.

    As ações preferenciais da Petrobras (PETR4) encerraram o dia com avanço de 2,13%, negociadas a R$ 37,80, enquanto as ordinárias (PETR3) subiram 1,76%, a R$ 39,38. Durante o pregão, os papéis chegaram a subir mais de 2,5% com o otimismo dos mercados.

    A alta firme dos papéis da Petrobras, porém, não foi o suficiente para evitar queda de quase 0,6% do Ibovespa, que fechou aos 123.779 pontos, o pior patamar desde novembro do ano passado.

    O movimento da estatal foi impulsionado pela fala sem surpresas da nova CEO da estatal, que na véspera afirmou que a estatal será “perfeitamente” capaz de dar retorno aos investidores.

    Magda também destacou os planos de lucro da companhia a partir dos investimentos em refino, sem descartar a compra de plantas privatizadas.

    “O refino agrega valor. Enquanto agregador de valor, nos interessa. Recentemente, a Esso fez um esforço na aplicação [de recursos] em refino. Estamos na mesma lógica. Deu lucro? Queremos”, disse.

    Na primeira entrevista coletiva após tomar posse, a nova presidente da Petrobras defendeu abertamente as vantagens de se ampliar a capacidade de refino no Brasil.

    “Vamos refinar para agregar valor. Historicamente, é isso que acontece. Tem gente que fala que não investe mais em refino. Cada caso é um caso”, disse.

    “Não vamos refinar para perder dinheiro. Vamos refinar para agregar valor”.

    Tensões geopolíticas

    A alta nos papéis da estatal também tiveram contribuição do cenário global, que levaram o barril do petróleo tipo Brent subir 1,26% na Intercontinental Exchange (ICE), a US$ 83,94.

    O ataque de Israel à cidade de Rafah, no Sul da Faixa de Gaza, ainda repercute nas mesas de operações, com críticas na comunidade internacional à ofensiva. Neste cenário, Espanha, Irlanda e Noruega reconheceram nesta terça oficialmente o Estado da Palestina nas fronteiras anteriores à Guerra dos Seis Dias, em 1967, o que inclui a Faixa de Gaza, a Cisjordânia e Jerusalém Oriental.

    Em outra frente, o ING prevê que a Opep+ estenderá os cortes na produção em vigor no encontro do próximo domingo. “Há um risco de que a Opep+ aperte demais o mercado no terceiro trimestre deste ano”, alerta.

    *Com Reuters e Estadão Conteúdo