Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Inteligência artificial pode ser uma das maiores revoluções da nossa era, diz líder global do Google

    No Brazil at Silicon Valley, Philipp Schindler discutiu os desafios para o desenvolvimento e aperfeiçoamento da IA

    Larissa Coelhoda CNN

    Sunnyvale, Califórnia

    A inteligência artificial está transformando diversos setores da economia mundial através da otimização de processos e criação de novas ferramentas. E para o líder global de negócios do Google, Philipp Schindler, ela pode, inclusive, ser uma das maiores revoluções tecnológicas de nossa era.

    O executivo foi um dos participantes do primeiro dia do Brazil at Silicon Valley, evento de tecnologia organizado por estudantes brasileiros das universidades de Stanford e Berkeley, nos EUA.

    Aqui no Brasil, novas tecnologias de inteligência artificial do Google devem desembarcar em breve. Segundo Schindler, a gigante de tecnologia vai trazer ao país o projeto Green Light, que trabalha na otimização da sinalização de trânsito e ajuda a reduzir as emissões de carbono dos veículos.

    O executivo também destacou a parceria do Google com a DASA, rede de saúde integrada do Brasil, para intensificar o uso de IA em análise de dados e atendimento aos pacientes.

    “As pessoas estão percebendo que há muito a se ganhar com inteligência artificial em setores como saúde e educação. Tantas áreas interessantes onde, claro, há desafios estruturais em que a IA pode ter um impacto ainda maior ”, disse ele.

    Ainda segundo Schindler, para a inteligência artificial, o Google fez recomendações aos governos para o aperfeiçoamento de quatro grandes áreas: infraestrutura, capacitação profissional, regulamentação do setor e preparação do ambiente de dados do país.

    “Temos que encontrar a combinação certa entre governos, o setor privado e a sociedade civil, para encontrarmos um caminho para seguir em frente”, afirmou o executivo.

    A jornalista viajou a convite da Brazil at Silicon Valley.