Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Marina Helena (Novo-SP) anuncia coronel da PM como vice na chapa à Prefeitura de SP

    Priell Neto fez parte da gestão do ex-prefeito Bruno Covas (PSDB) de 2019 a 2020

    Priell Neto é coronel veterano da Polícia Militar e está na corporação desde 1987
    Priell Neto é coronel veterano da Polícia Militar e está na corporação desde 1987 Divulgação/Novo

    Do Estadão Conteúdo

    A economista Marina Helena, pré-candidata do Partido Novo à Prefeitura de São Paulo (SP), anunciou neste sábado, 15, seu candidato a vice-prefeito. O companheiro de chapa de Marina será o coronel da Polícia Militar Reynaldo Priell Neto. De 2019 a 2020, durante a gestão do ex-prefeito Bruno Covas (PSDB), Priell Neto exerceu os cargos de chefe de gabinete e secretário-adjunto na pasta municipal de Segurança Pública.

    “Ratifico aqui meu compromisso para a gente dar esse choque de ordem, gestão e liberdade”, disse o coronel após o anúncio, realizado durante o 8º Encontro Nacional do Novo. Nas redes sociais, Marina Helena elogiou a trajetória do companheiro de chapa. “É uma honra para mim ter como vice um dos maiores especialistas brasileiros em inteligência policial e segurança pública”, escreveu a pré-candidata. “Sabemos que a maior preocupação (do paulistano) é o crime que domina a cidade”.

    Priell Neto é coronel veterano da Polícia Militar e está na corporação desde 1987. É bacharel em Direito, mestre em Direito Contratual e doutor em Ciências Policiais. Na PM, já chefiou a divisão de processamento de dados e o departamento de Tecnologia da Informação. De 2015 a 2017, comandou a Assessoria Policial Militar da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp).

    Coronéis como candidatos a vice

    Priell Neto pode não ser o único coronel da PM concorrendo a vice-prefeito de São Paulo. Há a expectativa sobre um possível anúncio do coronel Ricardo Mello de Araújo para a chapa de Nunes, que tentará a reeleição.

    Mello conta com a indicação do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) para compor a chapa do prefeito. Ele é ex-comandante da Rota e ex-diretor do Ceagesp durante a gestão de Bolsonaro no governo federal.

    Ontem, 14, Nunes recebeu Mello, Bolsonaro e o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) para um almoço. Na saída do encontro, o prefeito afirmou que o nome para a vaga de vice deve ser formalizado na semana que vem.