Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Sete em cada 10 eleitores apontam criminalidade como principal problema do Rio, diz Atlas/CNN

    Levantamento ouviu 1.239 moradores da capital fluminense entre os dias 18 e 23 de abril; margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos

    Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro (RJ)
    Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro (RJ) Tânia Rêgo/Agência Brasil

    Henrique Sales Barrosda CNN São Paulo

    Para 73,7% dos cariocas, a criminalidade é um dos principais problemas que afetam a cidade do Rio de Janeiro hoje em dia, segundo pesquisa Atlas/CNN divulgada nesta quarta-feira (24).

    Já 35,9% dos moradores do Rio apontam a saúde como um dos principais problemas da capital fluminense, enquanto 33,3% citam a corrupção.

    Os entrevistados da pesquisa da AtlasIntel podiam assinalar até três questões consideradas problemáticas da cidade, razão pela qual a soma das respostas passa dos 100%.

    A pesquisa do instituto AtlasIntel, produzida em parceria com a CNN, foi registrada no TSE sob o número RJ-00787/2024. Foram entrevistados 1.239 moradores da cidade do Rio de Janeiro, por meio de Recrutamento Digital Aleatório, entre os dias 18 e 23 de abril. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

    Os maiores problemas que afetam o Rio, na opinião dos cariocas

    • Criminalidade: 73,7%;
    • Saúde: 35,9%;
    • Corrupção: 33,3%;
    • Engarrafamentos: 28,3%;
    • População de rua: 24,6%;
    • Educação: 23,9%;
    • Transporte público: 21,5%;
    • Desordem urbana e barulho: 12,3%;
    • Degradação do centro da cidade: 10,6%;
    • Má conservação de ruas, calçadas e áreas de lazer: 8,9%;
    • Habitação (moradia): 5,7%;
    • Burocracia e barreiras para negócios: 2,8%;
    • Limpeza urbana: 2,1%;
    • Poluição: 0,2%.