Maior rede de cinemas do mundo reabrirá salas nos EUA com ingressos a US$ 0,15

Promoção é para celebrar o centenário da AMC, que reabrirá mais de 100 salas no dia 20 de agosto

Frank Pallotta, da CNN 
14 de agosto de 2020 às 07:15
Rede de cinemas AMC foi fundada em Kansas City, no Missouri, em 1920
Foto: Elijah Nouvelage - 27.abr.2020 / Reuters

A AMC, maior rede de cinemas do mundo, vai finalmente reabrir suas salas nos Estados Unidos e quem quiser ir pagará apenas US$ 0,15 para entrar.

A empresa vai reabrir mais de 100 salas de cinema no território norte-americano no dia 20 de agosto, informou a AMC nessa quinta-feira (13). Para comemorar o centenário da rede, ela está oferecendo “filmes de 2020 por preços de 1920” no dia da reinauguração: por apenas US$ 0,15 o ingresso (cerca de R$ 0,80).

A AMC fechou todos os seus cinemas nos EUA em março em meio à pandemia de Covid-19, e a reabertura foi adiada diversas vezes.

Assista e leia também:
Na Palma da Mari: Saudade de ir a um cinema, né, minha filha?
Estes são os filmes que você deveria assistir quando os cinemas reabrirem
Sem pipoca ou estreias: como será a retomada dos cinemas em São Paulo

A empresa afirmou ainda que espera abrir dois terços de suas mais de 600 salas até o lançamento do filme Tenet, de Christopher Nolan, em setembro. Os demais cinemas da AMC nos EUA vão abrir “somente após autorização de estados e autoridades locais”, segundo a companhia.

A rede disse que está implementando novas medidas de segurança e de saúde para ajudar a manter os fãs de cinema seguros e conter a disseminação do novo coronavírus. Isso inclui solicitar a todos os clientes que usem máscaras, reduzir a capacidade das salas e melhorar o sistema de ventilação de cada uma delas.

Depois do dia da reabertura, os ingressos ainda estarão mais baratos do que o normal. Para filmes como A origem, Pantera Negra, De volta para o futuro e Star Wars – o império contra-ataca vão custar US$ 5. 

A empresa decidiu trazer filmes mais antigos para as telas desde que as bilheterias norte-americanas ficaram paradas com o adiamento de tantos lançamentos aguardados este ano por causa da pandemia.

A AMC, que foi fundada em Kansas City, no Missouri, em 1920, também vai oferecer descontos em alguns produtos como pipoca, que custará US$ 5 até o fim de outubro. 

“Estamos animados de mais uma vez abrir nossas portas aos cinéfilos norte-americanos que esperam uma oportunidade de sair de suas casas e apartamentos e fugir para a magia dos cinemas”, disse Adam Aron, CEO da AMC, em um comunicado nessa quinta.

A rede de cinemas anunciou em junho que estava pronta para reabrir no dia 15 de julho, mas acabou adiando para 30 de julho em razão da falta de filmes oferecidos pelos estúdios. Depois, a data mudou novamente para meados de agosto.

Mas agora parece que a AMC vai finalmente reabrir, já que alguns filmes novos da Disney, como Novos mutantes e Tenet estão prontos para serem lançados, pelo menos por enquanto.

(Texto traduzido, clique aqui e leia o original em inglês.)