Em tempos de Covid-19, Papai Noel vai parar em vitrine de shopping no RJ


Da CNN, em São Paulo
21 de novembro de 2020 às 17:56 | Atualizado 21 de novembro de 2020 às 17:59

Em um shopping na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, o tradicional Papai Noel precisou se adequar a protocolos de segurança do novo coronavírus. A saída foi implementar uma ideia já adotada em Nova York: a vitrine mágica.

A fim de manter o distanciamento social, Celso Tobias, que há quatro anos trabalha como Papai Noel, está passando por um Natal diferente.

A cadeira onde fica está posicionada dentro de uma vitrine interativa, e o contato com as pessoas é feito por meio de um interfone.

Tobias conta que além de brinquedos, bicicletas e bonecas, algumas crianças já pediram a cura do novo coronavírus ao bom velhinho. 

Leia e assista também: 

Arqueólogos espanhóis encontram 400 tumbas em necrópole islâmica antiga

Magalu vende 16 mil livros de autores negros com 100% de cashback

Está difícil encontrar o PlayStation 5 e o Xbox Series X. Pode não ser por acaso

 

(Publicado por Sinara Peixoto)