Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    “A Casa do Dragão”: é preciso ver “Game of Thrones” para assistir à série?

    Nova temporada do spin-off de um dos maiores seriados da história estreia neste domingo (16) na HBO e Max

    "A Casa do Dragão" é um spin-off de "Game of Thrones"
    "A Casa do Dragão" é um spin-off de "Game of Thrones" Reprodução / HBO MAX

    Marina Toledoda CNN em São Paulo

    Em 2022, a HBO lançou “A Casa do Dragão”, uma série do universo de “Game of Thrones”, que é uma das produções de maior sucesso da história da televisão. A segunda temporada do spin-off estreia neste domingo (16) na HBO e Max, às 22h.

    A trama da primeira obra se concentra na dinastia Targaryen. Baseada em “Fogo e Sangue”, livro de George R.R. Martin, a série trata a disputa pelo trono após a morte do rei Viserys I, o que ocorre cerca de 180 anos antes dos acontecimentos de “Game of Thrones”, que é baseada na saga de livros “As Crônicas de Gelo e Fogo”.

    Agora, a segunda temporada de “A Casa do Dragão” foca no conflito entre os que defendem que Aegon Targaryen, filho mais novo de Viserys, e os que apoiam Rhaenyra na disputa pelo Trono de Ferro e o comando dos Sete Reinos.

    Para entender “A Casa do Dragão” é preciso assistir “Game of Thrones”?

    Não. Apesar de ter sido lançada depois, a trama da série é ambientada cerca de 180 anos antes dos acontecimentos de “Game of Thrones”. “A Casa do Dragão” é um prequel do seriado de oito temporadas, baseada no livro “Fogo e Sangue”.

    Já “Game of Thrones” é baseada na saga “As Crônicas de Gelo e Fogo”, que possui, até o momento, cinco livros: “A Guerra dos Tronos”, “A Fúria dos Reis”, “A Tormenta das Espadas”, “O Festim dos Corvos” e “A Dança dos Dragões”.

    O sexto volume, “Os Ventos do Inverno”, já foi anunciado, mas ainda não foi finalizado ou publicado pelo escritor George R.R. Martin.

    Quem são os Targaryen?

    Com muitos séculos de história e originários da antiga Valyria como uma das Quarenta Famílias da região, os Targaryen eram conhecidos como os Senhores dos Dragões e casavam-se e reproduziam-se apenas entre si.

    Mesmo antes da Perdição de Valyria, eles deixaram Essos e se estabeleceram em Pedra do Dragão, uma antiga fortaleza valiriana na costa de Westeros.

    Eles viveram lá por mais de um século até partirem, liderados por Aegon, o Conquistador, e suas irmãs-esposas, Visenya e Rhaenys, para conquistar os reinos de Westeros.

    Confira a árvore genealógica da família Targaryen.

    Atenção – a partir daqui contém spoilers sobre a primeira temporada de “A Casa do Dragão”.

    Qual a história da 1ª temporada de “A Casa do Dragão”?

    A trama segue o reinado de Viserys I, que assume o Trono de Ferro cerca de 130 anos depois de Aegon I, o Dragão, conquistar Westeros ao lado de suas duas esposas-irmãs. Viserys I sucedeu a Jaeharys no Trono de Ferro junto com sua primeira esposa, Aemma Targaryen, com quem teve apenas uma filha: Rhaenyra.

    Após anos de tentativas fracassadas, o casal não consegue ter um filho homem que os suceda no trono, obrigando Viserys a nomear Rhaenyra como futura rainha. Apesar dos juramentos de lealdade, os Sete Reinos não gostam da ideia de têr uma mulher no poder.

    Após um período como viúvo, o rei então se casa novamente com Alicent Hightower, filha de Otto Hightower, Mão do Rei. O novo casal tem três filhos, incluindo o primogênito Aegon II Targaryen.

    O que vai acontecer na 2ª temporada de “A Casa do Dragão”?

    Com a morte de Viserys I, Aegon II é imediatamente coroado rei pelos Hightower – pai e filha, Otto Hightower e Lady Alicent Hightower, em uma cerimônia com todos os habitantes de Porto Real. A irmã de Viserys, Rhaenys, invade a coroação com seu dragão e depois voa para contar à Rhaenyra. A notícia faz Rhaenyra entrar em trabalho de parto prematuro e dar à luz uma criança morta.

    Enquanto isso, Daemon, seu tio e atual marido, reúne um conselho para criar uma estratégia para a guerra iminente.

    Em Pedra do Dragão, Rhaenyra se proclama rainha e é criado o Conselho Preto. Após uma oferta de paz de Otto Hightower, Daemon e Rhaenyra discutem, e a princesa conta a ele sobre a profecia de Aegon I: a Canção de Gelo e Fogo.

    Rhaenyra então envia seus filhos com seus dragões para anunciar sua coroação e reunir possíveis aliados. Enquanto Jacaerys vai para o Norte, Lucerys vai para o sul visitar Lorde Baratheon em Ponta Tempestade. Ao chegar, ele vê que Aemond já está lá. A disputa entre os dois e raiva de Aemond por Lucerys começou quando o Velaryon atingiu Aemond no rosto com uma adaga, fazendo com que o Targaryen perdesse o olho.

    Após ter a oferta rejeitada, Lucerys deixa o local durante uma tempestade montado em seu dragão Arrax, mas é seguido por Aemond, que monta Vhagar, uma dos dragões mais antigos dos Targaryen e que esteve presente na Conquista dos Sete Reinos, sendo montada por uma das irmãs de Aegon I.

    Lucerys perde o controle de seu dragão, que ataca Vhagar. Após a luta dos dragões, a gigantesca Vhagar acaba devorando Arrax e Lucerys; A temporada termina com Rhaenyra recebendo a notícia da morte do filho pelas mãos do irmão Aemond.

    “A Casa do Dragão” vai ter 3ª temporada?

    Sim. Antes mesmo da estreia do segundo ano, a terceira temporada foi confirmada pela HBO.

    Veja também: Imagens de Naomi Watts em prequel de “Game of Thrones” cancelado são reveladas

     

    Tudo o que você precisa saber sobre “A Casa do Dragão”