Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    BBB24: Saiba quem são os integrantes do Puxadinho

    Elenco foi formado na segunda (8), depois da votação popular e da escolha dos confinados

    Larissa Bitencourtcolaboração para a CNN

    Na estreia do BBB24, nesta segunda-feira (08), conhecemos os oito novos participantes escolhidos para se juntar ao elenco do programa. Eles formam o grupo “Puxadinho” e completam os 26 participantes desta edição.

    Isabelle e Davi, foram escolhidos pelo público, já Raquele, Thalyta, Giovanna, Juninho, Michel e Lucas Henrique foram escolhidos pelos próprios brothers em uma dinâmica no gramado. Na ocasião, os 18 participantes que foram divulgados no ‘Big Day’ se dividiram em grupos e definiram os novos integrantes do reality show.

    Ao final do programa, eles foram liberados a entrar no confinamento e conhecer a casa, enquanto os outros brothers enfrentam a primeira prova do Líder da edição.

    Veja quem são cada um dos oito integrantes do ‘Puxadinho’:

    • Isabelle

    Natural de Manaus (AM), Isabelle, de 31 anos, está decidida a levar ao programa a cultura de seu Amazonas. Formada em Letras, já chegou a dar aulas, mas hoje trabalha como dançarina e influenciadora digital na região.

    Ela participa de uma das festas culturais mais marcantes do país: é a personagem cunhã-poranga do Boi Garantido, o vermelho, no Festival de Parintins, desde 2018. A manauara também já venceu diferentes concursos de sua região: foi Miss Manaus em 2013; Miss Amazonas Globo, em 2016; e Rainha do Peladão, em 2018.

    Segundo ela, deve cerca de R$ 3 mil em contas de luz e, caso entre no BBB24 e vença o programa, pretende usar o dinheiro para limpar seu nome. Além disso, Isabelle possui outros planos como comprar casas para mãe, avó e irmão que moram em locais diferentes, todos de aluguel; investir nos estudos da irmã; e abrir um negócio com a família.

    • Raquele

    Raquele nasceu na cidade de Conceição da Barra, mas se mudou para Aracruz ainda pequena, ambas cidades do Espirito Santo. Atualmente, trabalha como doceira, conciliando com a faculdade de Engenharia Mecânica. Junto com seu noivo, ela tem um delivery de doces e açaí.

    Esta é a quarta vez que se inscreve no reality show e, agora, faz parte do elenco do BBB24. Seu objetivo principal é ganhar dinheiro, então, promete fazer tudo para levar o prêmio para casa e pretende aproveitar a visibilidade e as oportunidades que o programa oferece.

    • Thalyta

    Thalyta, 26 anos, é mineira de Belo Horizonte e moradora de Contagem, e trabalha atualmente como advogada criminal e garantiu que não será uma planta no BBB24: “Não existe sair lá de Contagem para não fazer nada no programa. Não tem chance nenhuma de isso acontecer!”, disse ela, em entrevista ao Gshow.

    Caso consiga entrar no programa e se tornar a vencedora do BBB24, seu objetivo é usar o valor do prêmio para ajudar a família, em especial a mãe, que trabalha em dois lugares para ajudar a família. A advogada ainda acredita ficará dividida entre sua paixão pelo meio acadêmico e as novas oportunidades que podem surgir com a fama.

    • Giovanna

    A mineira Giovanna, de 27 anos, é formada em Nutrição e já se inscreveu três vezes para o Big Brother Brasil. Nascida em Belo Horizonte, a nutricionista hoje mora em Contagem, região metropolitana da capital. Além dos atendimentos, ela dá dicas sobre alimentação saudável nas redes sociais para cerca de 40 mil seguidores.

    Segundo Giovanna, uma de suas principais características é ser transparente. A mineira garante que se conseguir entrar no reality, todos saberão o que ela sente somente com suas expressões faciais. Ela também conta que seu principal objetivo com o programa é mudar a sua realidade de vida: “Estou entrando para o Brasil me conhecer, para eu ter minha chance. Quero mudar minha vida, minha perspectiva, a realidade da minha família”, disse ao Gshow.

    • Davi

    Davi, de 21 anos, se inscreveu pela primeira vez para o reality com o objetivo de estabilizar a vida financeira de sua família e pagar à vista uma faculdade de Medicina.

    Cresceu em meio a dificuldades financeiras, trabalhando desde cedo para contribuir com as despesas da casa. Aos oito anos, trabalhou como vendedor de água mineral e picolé nos ônibus de Salvador e, atualmente, o baiano é motorista de aplicativo.

    Com apenas 23 seguidores no Tik Tok e um Instagram com 52 seguidores, Davi conta que atualiza muito pouco suas redes sociais devido à rotina corrida de sua vida. “Fiz um Instagram só por causa do programa”, avisou em entrevista ao Gshow.

    • Juninho

    Antônio, de 41 anos, é natural do Rio de Janeiro (RJ) e conhecido pelo apelido de Juninho. Ele espera que a oportunidade de entrar no programa possa mudar sua vida com o valor do prêmio.

    Filho de um pai baiano e uma mãe piauiense, Juninho relata que teve uma vida difícil. Por conta das dificuldades financeiras, o carioca começou a trabalhar muito jovem e já passou por empregos como arquivista, contador e até vendedor de picolé e lingerie. Hoje, ele atua como motoboy e mototaxista.

    Sobre sua personalidade, ele destaca que é direto e sincero, mas que às vezes, acaba sendo sincero até demais. Ainda alerta que não gosta que pisem no seu calo.

    • Michel

    O mineiro de 33 anos, é professor de Geografia e estudante de Medicina Veterinária. Michel conta que é muito fã do programa e já se inscreveu para 11 edições do reality.

    Ele afirma que ao entrar no programa terá que controlar seu lado ‘dominador’ e ainda avisa: “Não suporto gente metida, folgada, que é mandona. Eu também sou um pouco mandão e acho que dois dominantes no mesmo lugar dariam muitos embates”, disse em entrevista ao Gshow.

    Desempregado, Michel conta que seu objetivo é conquistar o prêmio para alcançar estabilidade financeira e realizar seus sonhos. Os planos incluem comprar uma casa, se casar com o namorado, Renato, e aposentar o pai, que trabalha como motorista de caminhão aos 77 anos.

    • Lucas Henrique

    Nascido e criado no Complexo da Maré, favela do Rio de Janeiro, Lucas Henrique busca fazer parte do elenco do BBB24, com o objetivo de ganhar o prêmio para mudar sua vida e servir ainda mais de inspiração para os jovens. “Pior do que o cancelamento é a invisibilidade”, destacou em entrevista ao Gshow.

    Aos 14 anos, trabalhava consertando computadores e, hoje, aos 29, é professor de Educação Física, especialista em Relações Étnico-raciais e mestrando em Educação. Batizado de Buda na capoeira, que pratica desde os 9 anos, ele dá aulas para cerca de 300 alunos, entre crianças, adolescentes e adultos.

    O professor também faz parte do projeto social Luta Pela Paz, uma ONG internacional que trabalha com o esporte em territórios vulneráveis. Atua ainda formando outros professores, inclusive em missões em Cabo Verde, na África.