Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    BBB24: Zezé Di Camargo defende Wanessa após acusações de racismo

    O pronunciamento vem após uma série de acontecimentos envolvendo a cantora, a modelo Yasmin Brunet e o participante Davi Brito

    Wanessa Camargo durante apresentação no BBB 24 para outros participantes do reality show
    Wanessa Camargo durante apresentação no BBB 24 para outros participantes do reality show TV Globo/Reprodução

    Gabriela Maraccinida CNN

    O cantor Zezé Di Camargo publicou um texto em defesa de sua filha, Wanessa Camargo, após ela ter sido acusada de racismo contra o colega de confinamento no Big Brother Brasil 24, Davi Brito.

    No texto, escrito por sua irmã Luciele Di Camargo, o cantor afirma que as críticas do público em relação a filha “são infundadas” e que Wanessa estaria sofrendo perseguição.

    “Eu jamais passaria pano pra quem quer que fosse, se eu não tivesse certeza da integridade da pessoa. Não é por ser minha filha, analise [sic] com imparcialidade todas as falas dela dentro da casa”, começou o texto.

    “O BBB é um jogo onde os participantes irão agir a partir de um ponto de vista deles, eles não têm a visão macro dentro da casa, e o problema da Wanessa com o Davi é por convivência, em uma situação estrema de jogo e estresse, onde cada ação gera uma reação”, continua a publicação.

    “Acusações de racismo e perseguição são infundadas e quem conhece ela de verdade sabe e conhece o coração dela, que aliás, inúmeras vezes já mostrou compreensão ao Davi, porém o lado da torcida dele só quer mostrar o que favorece a eles, então, pra mim, isso sim é perseguição”, completa.

    Ainda do ponto de vista do texto, Wanessa teria entrado no BBB já com um “pré-julgamento claro”. “Estão declarando ele [Davi] como campeão desde o primeiro dia, sem dar chance a nenhum outro participante”, opina.

    Entenda a treta entre Wanessa, Yasmin e Davi

    O pronunciamento do pai de Wanessa surge após uma série de acontecimentos envolvendo a cantora, a modelo Yasmin Brunet e Davi. Há alguns dias, as sisters vêm comentando que estão com um “problema pessoal” em relação ao brother, criticando seu modo de falar, especialmente ao elevar o tom de voz e reafirmar a própria masculinidade.

    Recentemente, em conversa com a sister e com MC Bin Laden, Wanessa comentou que o motorista de aplicativo acendeu alguns de seus “gatilhos internos”, uma vez que suas atitudes são parecidas com as de pessoas agressivas que ela conhece.

    “Acredito que todo mundo pode mudar. Senti na hora coisas que já senti na minha vida. Então fiquei acuada. Ficou muito claro para mim, com todas as coisas que aprendi na minha vida sobre pessoas manipuladoras”, acrescentou a filha de Zezé Di Camargo.

    Yasmin também já comentou que se sente incomodada com a presença de Davi. “Não gosto do jeito dele, da energia dele. Tudo dele me incomoda. Pode ser realmente isso. É uma parada instintiva nossa, porque a gente já viveu relacionamentos com homens assim. Dá para ver, cara, isso não vai enganar a gente”, afirmou a modelo.

    Na noite de quinta-feira (25), após a prova do líder, o assunto gerou ainda mais repercussão quando Yasmin e Wanessa citaram a dificuldade em dividir o quarto com ele. A dupla chegou a cogitar a saída de Davi do cômodo para que apenas mulheres ficassem no “Quarto Magia”.

    Acusações de racismo

    Diante dos comentários de Wanessa e Yasmin, a equipe de Davi Brito se pronunciou na rede social X (antigo Twitter), afirmando que a cantora está fazendo acusações graves que não ficarão impunes.

    A ex-BBB e campeã da edição de 2018, Gleici Damasceno, também comentou o assunto, defendendo Davi. “No imaginário de muitas pessoas brancas, espera-se que a pessoa negra seja passiva, esse comportamento mais passivo é tido como o “normal”. Qualquer comportamento empoderado ou que fuja do esperado é muitas vezes interpretado como arrogância e incomoda”, escreveu.

    Momentos antes, Gleici chegou a escrever que “essas meninas estão sendo é racistas”, o que levou os internautas a acreditarem que ela estaria falando de Wanessa e Yasmin. A ex-BBB apagou a publicação em seguida.

    Tweet de Gleici Damasceno sobre racismo
    Tweet de Gleici Damasceno sobre racismo / @gleicidamasceno/X/Reprodução

    Diante do caso, as equipes da cantora e da modelo se pronunciaram. “Deixa de ser um jogo limpo e saudável quando há a tentativa de transformar conflitos derivados da convivência em narrativas voltadas a pautas sociais”, disse a equipe de Brunet.

    “Fomos surpreendidos (…) a influenciadora [ex-BBB 18 Gleici Damasceno] insinuou, de forma implícita, que a Yasmin Brunet e outra colega de confinamento seriam racistas”, completou.

    Já a equipe de Wanessa argumentou que “questões de convivência de dentro do jogo têm sido levadas para outros lugares” fora do reality show.