Ed Sheeran lança música em parceria com rapper carioca

Remix da música "2steps" com participação do artista brasileiro Chefin foi divulgada nesta segunda-feira (16)

Ed Sheeran se apresenta durante show beneficente para Ucrânia no Resorts World Arena em 29 de março de 2022 em Birmingham, Inglaterra.
Ed Sheeran se apresenta durante show beneficente para Ucrânia no Resorts World Arena em 29 de março de 2022 em Birmingham, Inglaterra. John Phillips/Disasters Emergency Committee/Getty Images for Livewire Pictures Ltd

Léo Lopesda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O cantor Ed Sheeran divulgou, nesta segunda-feira (13), um lançamento em parceria com o rapper carioca Chefin.

O remix da música “2Steps” está disponível em todas as plataformas de streaming musical.

“Tô muito feliz com a oportunidade. O artista mais ouvindo do mundo com 80 milhões no Spotify”, escreveu Chefin em suas redes sociais, quando anunciou o lançamento.

A faixa original está no mais recente álbum de Sheeran “=” (pronuncia-se “equals”).

Desde seu retorno, em julho de 2021, o cantor irlandês teve grande repercussão, e chegou a ficar 15 semanas no primeiro lugar dos charts britânicos com os singles “Bad Habits” e “Shivers”.

Rapper carioca Chefin e o cantor Ed Sheeran. / Universal Music / Reprodução

Clipe na Ucrânia

Em abril, a estrela do pop divulgou um clipe para “2steps” gravado em Kiev, capital da Ucrânia, poucos dias antes de a Rússia invadir o país.

Antes da música começar, uma mensagem escrita pelo cantor aparece na tela em preto e branco.

Nela, o vencedor do Grammy de 31 anos explica que filmou o clipe em Kiev antes que “os atos devastadores de violência começassem”.

“Foi a primeira vez que visitei o país e me senti muito bem recebido”, disse.

“A Ucrânia é um país orgulhoso e resiliente e sou grato por ter tido a chance de filmar meu vídeo lá.

“Eu estou com a Ucrânia, e vou doar meus direitos autorais das transmissões do vídeo no YouTube para o Apelo Humanitário à Ucrânia criado pelo Comitê Emergencial de Desastres [grupo de instituições de caridade britânicas]”, acrescentou o cantor.

Mais Recentes da CNN