Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Galo da Madrugada: veja curiosidades do maior bloco de Carnaval do mundo

    Agremiação desfilará nas ruas do Recife no próximo sábado (10)

    Divulgação/Galo da Madrugada

    Pedro N. Jordãoda CNN

    São Paulo

    O Galo da Madrugada é conhecido por ser o maior bloco de Carnaval do mundo, registrado há 30 anos no Livro dos Recordes.

    Neste ano, ele terá 30 trios elétricos, com dezenas de artistas, e vai percorrer 6,5 quilômetros da cidade do Recife, arrastando uma multidão esperada de 2,5 milhões de foliões.

    No entanto, a agremiação não se resume aos shows nos trios, já que possui outras atrações e peculiaridades. Conheça abaixo.

    Estátua gigante do galo

    Todos os anos, uma estátua gigante de um galo colorido (maior símbolo do bloco) é montado na Ponte Duarte Coelho, no centro do Recife, dias antes do evento.

    Ele passou a ser montado no local pela prefeitura da cidade em 1995, em comemoração ao título de maior bloco de Carnaval do mundo, dado em 1994 no Livro dos Recordes (Guinness Book).

    Em 1994, foi registrado 1 milhão de foliões no Galo da Madrugada. Em 2023, foram 2,5 milhões. O bloco espera repetir a marca do ano passado em 2024.

    Neste ano, o galo gigante, criado pelo artista plástico Leopoldo Nóbrega, terá 27 metros de altura e quase nove toneladas.

    A estátua de 2024 vai homenagear o cantor Reginaldo Rossi, com uma crista grisalha, além de pedir paz no Carnaval do Recife e em todo o mundo, com a palavra “paz” escrita nas penas da calda em 16 idiomas.

    A estátua também foi feita em cinco cores, representando os cinco continentes: amarelo (Ásia), preto (África), vermelho, (América), azul (Europa) e verde (Oceania).

    46 anos de história e 44 carnavais

    O bloco foi criado em 1978 por um grupo de amigos e familiares que tinha o objetivo de restaurar o Carnaval de rua do Recife, em um momento em que as festas se resumiam a eventos fechados em clubes.

    No primeiro ano, o bloco teve apenas 75 pessoas participando dele. E, no segundo ano, quando o estandarte foi inaugurado, já eram 300.

    Em 1984, os trios elétricos foram inseridos na folia do Galo. No mesmo ano, já eram milhares de foliões na rua.

    Desde a criação do bloco ele só não desfilou em 2022 e 2021, por causa da pandemia da Covid-19.

    Entre os homenageados da agremiação já estiveram personalidades como Ariano Suassuna, Chico Science, Luiz Gonzaga, Alceu Valença, J. Michiles, entre outros.

    Carros alegóricos

    Entre os trios elétricos, desfilam carros alegóricos tradicionais e outros com temáticas especiais feitos a cada ano.

    Em 2024, com o Galo da Madrugada sob o tema “Reginaldo Rossi no Reinado do Frevo”, seis alegorias vão homenagear o cantor que faria 80 anos na quarta-feira de cinzas se estivesse vivo.

    Conheça as alegorias

    Clarins
    Carro tradicional, responsável por anunciar o início do desfile do Galo da Madrugada, este ano será composto de várias coroas em alusão ao título de rei do brega, atribuído ao homenageado. O carro ainda terá uma imagem do cantor estampada no fundo da estrutura;

    Abre-alas
    Outro carro tradicional do desfile, o abre-alas foi remodelado para se encaixar na temática de 2024. “A gente ‘bregou’ o galo”, diz Sandro Nóbrega, artista plástico que criou a estátua gigante deste ano;

    Recife, Minha Cidade
    Assim como a música que Rossi que descreve as belezas da capital pernambucana, o carro apresentará elementos da arquitetura da cidade, como a Ponte Duarte Coelho e suas luminárias, além de elementos das praias e dos casarios do Recife Antigo;

    A Raposa e as Uvas
    A alegoria apresentará um ambiente que remete aos bailinhos da década de 1960, retratados na música de mesmo nome, com casais dançando, lambretas, discos, teclas de piano e, ao fundo, a imagem de uma raposa e um cacho de uvas;

    O Bonde do Brega
    O também carro tradicional “Bonde”, que desfila todos os anos em homenagem aos carnavais antigo, foi modernizado e apresentará o mote do Movimento Brega.

    “Batizamos, para este Carnaval, de Bonde do Brega. Vem todo colorido e com desfilantes que irão representar alguns dos principais nomes musicais que deram e dão continuidade ao legado de Rossi”, continua Nóbrega.

    Garçom, aqui nessa Mesa de Bar
    O último carro foi nomeado “Garçom, aqui nessa mesa de bar”, onde foi criado um cenário de bar e cabaré, com pessoas sentadas em bancos, bebendo e curtindo suas ‘cornuras'”, brinca Nóbrega.

    Duetos

    O Galo da Madrugada costuma ser uma festa em que muitos artistas fazem duetos musicais, por vezes inesperados, seja nos trios elétricos, nos camarotes ou no palco oficial.

    Neste ano estão previstos duetos entre:

    • Beto Rossi / Gustavo Travassos;
    • Michel Teló / Elba Ramalho;
    • Tony Garrido / André Rio;
    • Marcelo Falcão / Geraldinho Lins;
    • Gaby Amarantos / Marron Brasileiro;
    • Fabiana Karla / Almir Rouche;
    • Vanessa da Mata / Spok e Almério;
    • Lula Queiroga / Asas da América;
    • Conde Só Brega / Otto, China e Silvério Pessoa;
    • Juliette / Maestro Forró;
    • Gaby Amarantos / Romero Ferro;
    • Toni Garrido / Gerlane Lops;
    • Tonho Matéria / Nonô Germano;
    • Fabiana Karla / Michelle Melo;
    • Conde Só Brega / Bia Villa-Chan.

    Primeiro Galo carbono zero da história

    Neste ano, pela primeira vez, a agremiação carnavalesca quer compensar 100% do carbono emitido em todas as atividades que englobam o desfile.

    O bloco irá contar com o trabalho de uma empresa de gestão ambiental para calcular rigorosamente as emissões de gás carbônico (dos trios elétricos, carros alegóricos, camarotes e montagem da estátua gigante, por exemplo).

    Tudo será compensado com créditos de carbono de energia renovável, diz um representante da empresa, Vinícius Hernandes.