Marília Mendonça é homenageada pela Academia Latina de Gravação

Entidade é a responsável pelo Grammy Latino. Artista faleceu após sofrer um acidente aéreo na última sexta-feira (5), em Minas Gerais

A cantora Marília Mendonça em apresentação
A cantora Marília Mendonça em apresentação Prefeitura de Caruaru

Claudia TavaresThayana Araújoda CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

A cantora e compositora Marília Mendonça, conhecida como a rainha da sofrência, foi homenageada na Academia Latina de Gravação, responsável pelo Grammy Latino, neste sábado (6).

No comunicado publicado nas redes sociais, o grande legado deixado pela cantora foi comemorado pela Academia. “Marília Mendonça foi uma jovem e incrível cantora. Foi a voz de toda uma nova geração da música sertaneja brasileira.”

 

A Academia também lamentou a morte precoce da artista de 26 anos. “Sentiremos muita falta de Marília, mas seu legado viverá para sempre em sua música. Nossos profundos pêsames para sua família neste momento tão difícil.”

Mensagem publicada pela Academia Latina de Gravação pela morte da sertaneja Marília Mendonça
Mensagem publicada pela Academia Latina de Gravação pela morte de Marília Mendonça / Divulgação

Marília Mendonça foi indicada pela primeira vez ao Grammy Latino em 2017, na categoria de “Melhor Álbum de Música Sertaneja”. A artista ganhou o prêmio em 2019, com o disco “Todos Os Cantos”, que incluía uma série de shows gravados em todas as capitais do Brasil.

Neste ano, Marília está concorrendo na mesma categoria pelo álbum “Patroas” junto com as cantoras Maiara e Maraísa. O Grammy Latino é no próximo dia 18.

Mais Recentes da CNN