Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Morre cantora Lana Bittencourt aos 91 anos no RJ

    Sucesso na década de 1950, artista gravou sucessos como "Se Todos Fossem Iguais a Você", de Tom Jobim, e "Little Darling"

    Lana Bittencourt
    Lana Bittencourt Reprodução

    Gustavo ZanferNaira Ziteida CNN

    A atriz e cantora Lana Bittencourt morreu nesta segunda-feira (28) aos 91 anos, em Petrópolis, no Rio de Janeiro.

    Uma das pioneiras do rock no Brasil e estrela do período conhecido como Era de Ouro do Rádio, Lana faleceu em decorrência de complicações cardíacas e respiratórias, segundo sua página oficial.

    A artista havia sido internada em julho na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cascatinha, em Petrópolis, com um quadro de infecção urinária.

    Maria Comtil, neta de Lana Bittencourt, escreveu no Instagram que cantar ao lado da avó “era um acontecimento”.

    “A gente raramente ensaiava junto, pra você era treino – sabia tudo! Respeita né, a mulher foi n°1 do Brasil, gravou 75 discos!”, escreveu Maria.

    “Vou guardar comigo, junto da voz que ecoa também aqui dentro. Te amo pra sempre! Obrigada.”

    Lana Bittencourt, sucesso na década de 1950 / Reprodução/Redes sociais

    Nascida em 1932, Lana ficou conhecida na década de 1950, chegando a vender cerca de 700 mil discos em 1957.

    Entre os sucessos, estão “Se Todos Fossem Iguais a Você”, de Tom Jobim, e “Little Darling”.

    As informações sobre o velório da cantora ainda não foram divulgadas.

    Veja também: Mc Marcinho morre aos 45 anos no Rio de Janeiro