Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Morre MC Marcinho, vítima de falência múltipla de órgãos, aos 45 anos

    Voz do hit "Glamurosa" tratava uma cardiopatia e havia recebido o implante de um coração artificial após sofrer uma parada cardíaca

    Flávio IsmerimGabriele Kogada CNN

    São Paulo

    Marcio André Nepomuceno Garcia, o MC Marcinho, morreu, neste sábado (26), vítima de falência múltipla de órgãos. O cantor tinha 45 anos.

    A informação foi confirmada à CNN pelo Hospital Copa D’Or, localizado na zona sul do Rio de Janeiro, onde o cantor estava internado para tratar uma cardiopatia e doença renal crônica.

    O corpo do MC será velado no domingo, no Rio de Janeiro.

    Na sexta-feira (25), o quadro clínico de Marcinho havia apresentado uma piora significativa, conforme informou o hospital.

    O artista estava hospitalizado desde o dia 27 de junho, após sofrer uma parada cardíaca, e estava sob cuidados intensivos no hospital.

    Famosos lamentaram a morte do cantor

    Anitta exaltou o talento e a simplicidade de Marcinho ao chamá-lo de percursor do funk melody, gênero musical que ela cantava no começa da carreira.

    Tati Quebra-Barraco chamou Marcinho de irmão e disse que ama o cantor.

    Valesca Popozuda, outro ícone do funk, lamentou a morte de estrelas do gênero. Marcinho faleceu 13 dias após a morte de MC Kátia.

    A cantora Lexa disse que o funk está de luto.

    Gilberto Gil prestou seus sentimentos à família e aos fãs do funkeiro e considerou sua morte “uma perda imensa para o mundo do funk e da música negra brasileira”.

    O rapper Marcelo D2 desejou que Marcinho “descanse em paz” e afirmou que o cantor é um “pilar do funk carioca e da música brasileira”.

    O funkeiro e DJ FP do Trem Bala celebrou o talento e a arte de Marcinho.

    O Flamengo, clube do coração do cantor, também prestou homenagens ao dono do hit “Glamurosa”.

    Histórico de saúde de MC Marcinho

    O funkeiro sofria de sérios problemas cardíacos. Em março deste ano, o MC revelou que estava debilitado e precisava passar por uma cirurgia para trocar um marca-passo implantado em 2021.

    Na época, a equipe do artista informou que o procedimento havia sido bem-sucedido e o quadro clínico era estável.

    Internado em 27 de junho para tratar uma cardiopatia, Marcinho sofreu uma parada cardíaca no dia 10 de julho e precisou ser intubado. Três dias depois, o artista recebeu um implante de coração artificial e seguia internado no hospital desde então.

    Além da condição no coração, o funkeiro já sofreu um acidente de carro e quase perdeu a perna. Por conta disso, precisou ficar por meses em uma cadeira de rodas. Também enfrentou algumas infecções graves no estômago e no pé.