Rust: filme trata de fuga familiar no velho oeste após morte acidental

Longa contava com direção de fotografia de Halyna Hutchins, morta por um tiro acidental de arma cenográfica empunhada por Alec Baldwin

Elenco e equipe de "Rust" em set de filmagens do longa
Elenco e equipe de "Rust" em set de filmagens do longa Reprodução/Instagram

Giovanna Galvanida CNN*

em São Paulo

Ouvir notícia

Após um tiro acidental de uma arma cenográfica empunhada pelo ator Alec Baldwin matar Halyna Hutchins, diretora de fotografia, e ferir o diretor Joel Souza, a produção do longa “Rust” foi paralisada “por tempo indeterminado” enquanto a polícia investiga o caso.

O filme conta a história de Harland Rust, um famoso criminoso do faroeste americano (interpretado por Baldwin) na década de 1880, que ajuda seu neto (Brady Noon) a fugir da prisão após o jovem ser condenado à forca por ter matado acidentalmente um fazendeiro local.

A produção foi anunciada em maio de 2020, com história, produção e interpretação do personagem principal, Harland Rust, a cargo de Alec Baldwin.

O ator conta com o trabalho de Joel Souza na elaboração do roteiro e na direção principal do filme, que era gravado em localidades da Carolina do Norte e do Novo México.

O personagem Harland Rust foi descrito pela produtora do longa como um “infame fora-da-lei que tem um preço por sua cabeça por mais tempo do que consegue se lembrar”.

Junto ao neto, os dois fugitivos precisam despistar o “lendário” agente Marshal Wood Helm (Jensen Ackles) e o caçador de recompensas Preacher Lang (Travis Fimmel), ambos em seu encalce.

“Segredos há muito tempo enterrados surgem das cinzas, assim como inesperados laços familiares – que se formam enquanto a dupla improvável tenta sobreviver ao implacável oeste americano”, complementa a descrição do filme.

Quem era Halyna Hutchings, diretora de fotografia morta

Nascida na Ucrânia, Hutchins morava em Los Angeles e se formou no American Film Institute em 2015. Ela foi creditada em 49 produções de filmes, TV e vídeo durante sua carreira, de acordo com o site IMDB.

Hutchins também trabalhou em filmes como “Archenemy”, estrelado por Joe Manganiello, que foi lançado no ano passado, e foi eleita uma estrela em ascensão pela revista American Cinematographer em 2019.

Em sua página do Instagram, ela se descrevia como uma “sonhadora inquieta, viciada em adrenalina e diretora de fotografia” e compartilhava fotos do set de “Rust”.

Seu último post, na quarta-feira, mostrou um vídeo dela cavalgando no Novo México. “Uma das vantagens em gravar um filme de velho-oeste é que você pode andar a cavalo nos seus dias de folga”, escreveu.

*Com informações de Sara Spary, da CNN

Mais Recentes da CNN