Sony Music anuncia compra do catálogo de músicas gravadas de Bob Dylan

Negociação inclui suas apresentações de canções como "Blowin' in the Wind" e "Knockin' on Heaven's Door", bem como os direitos de lançamentos futuros

O músico e vencedor do Nobel de Literatura, Bob Dylan
O músico e vencedor do Nobel de Literatura, Bob Dylan Foto: Dave J Hogan/Getty Images for ABA

da Reuters

Ouvir notícia

A Sony Music Entertainment informou nesta segunda-feira que adquiriu o catálogo de músicas gravadas de Bob Dylan, incluindo suas apresentações de canções populares como “Blowin’ in the Wind” e “Knockin’ on Heaven’s Door”, bem como os direitos de lançamentos futuros.

O acordo é o mais recente no relacionamento de seis décadas da Sony Music com o artista e abrange o trabalho de Dylan desde 1962. Segundo fontes disseram à Variety, o acordo foi avaliado entre US$ 150 milhões e US$ 200 milhões.

A Sony e o representante de Dylan não comentaram os termos do acordo.

Dylan, de 80 anos, vendeu seu catálogo de composições para Universal Music Publishing Group em dezembro por cerca de US$ 300 milhões.

Ele está entre um grupo de artistas veteranos, incluindo Neil Young, Stevie Nicks e Paul Simon, que vendeu os direitos de suas composições para investidores, que buscam capitalizar as oportunidades criadas pelo streaming de música.

Sony e Dylan disseram que vão colaborar em futuras reedições de catálogos na Bootleg Series do artista, que começou em 1991 e inclui 14 lançamentos até o elogiado “Springtime In New York: The Bootleg Series Vol. 16 (1980-1985)”, do ano passado.

(Reportagem de Dawn Chmielewski)

Mais Recentes da CNN