Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Taylor Swift abre turnê em São Paulo após luto no Rio e longa espera de fãs

    Cantora se apresenta com a "The Eras Tour" no Allianz Parque nesta sexta-feira (24) e nos dias 25 e 26 de novembro

    Taylor Swift está em passagem pelo Brasil com a "The Eras Tour"
    Taylor Swift está em passagem pelo Brasil com a "The Eras Tour" Reprodução/Taylor Swift/Instagram

    Marina Toledoda CNN

    em São Paulo

    A cantora norte-americana Taylor Swift está em solos paulistanos desde terça-feira (21), mas é nesta sexta-feira (24) que realiza o primeiro show na cidade, no Allianz Parque. Ela também se apresenta no estádio no sábado (25) e no domingo (26), encerrando a passagem da “The Eras Tour” na América do Sul.

    Os fãs esperam pela presença da loirinha desde 2019, quando foi anunciado que a turnê “Lover Fest” viria para São Paulo em 2020. No entanto, a “Lover Fest” foi cancelada devido à pandemia da Covid-19. Em junho deste ano, Swift anunciou que a “The Eras Tour”, que reúne músicas de nove álbuns, viria ao Brasil.

    Um levantamento da SPTurism apontou que a passagem da Eras Tour em São Paulo pode injetar R$ 240 milhões na economia da cidade.

    A expectativa é que cerca de 30% do público que vá para os shows sejam do interior do estado, de outras unidades federativas e até de outros países. A conta estima cerca de 50 mil turistas, que devem ser responsáveis por movimentar R$ 128 milhões na economia da cidade.

    Antes de chegar a São Paulo, a cantora esteve no Rio de Janeiro, onde realizou três shows. A passagem foi marcada por temperaturas extremas, adiamento de data e morte de uma fã.

    Swift chegou ao Brasil em meio a uma onda de calor. No primeiro dia de show, na sexta-feira (17), o Rio de Janeiro registrou recorde de sensação térmica, batendo 59,3°C. Nesse dia, no início da apresentação, Ana Clara Benevides, de 23 anos, morreu após sofrer uma parada cardiorrespiratória. O laudo de um exame realizado no Instituto Médico Legal do Rio apontou hemorragias pulmonares – calor, insolação e desidratação são alguns dos fatores que levam a essa condição.

    No sábado (18), a marca atingida no dia anterior foi quebrada, com sensação térmica de 59,7ºC. Com isso, Swift informou que o show previsto para aquele dia havia sido adiado para segunda-feira (20). A decisão não agradou parte dos Swifties, que não conseguiriam comparecer à nova data.

    Outra questão que desagradou os fãs foi a cantora não ter citado Ana nas demais apresentações no Rio de Janeiro, conforme relataram nas redes sociais. Swift chegou a lamentar a morta da jovem apenas nas redes sociais.

    Apesar das tragédias e contratempos, a cantora reuniu cerca de 60 mil pessoas no Estádio Nilton Santos, o Engenhão, nos três dias. Agora, em São Paulo, Swift se prepara para subir ao palco para uma plateia com ingressos esgotados – e que espera há muito tempo sua chegada.

    VÍDEO – Taylor Swift: PM mobiliza “operação de guerra” para shows em SP

    O que você precisa saber sobre o show de Taylor Swift em SP:

    • Onde?

    Os shows da Taylor Swift em São Paulo ocorrerão no Allianz Parque, que fica na Avenida Francisco Matarazzo, 1705. O estádio também é conhecido como o estádio do Palmeiras e é próximo da estação Barra Funda do metrô.

    • Quando?

    As apresentações ocorrerão nesta sexta-feira (24), sábado (25) e domingo (26).

    • Que horas abrem os portões? 

    Os portões para o show da Taylor Swift abrem às 15h para quem possui o pacote VIP e 16h para o público geral.

    • Quem abre o show? 

    A cantora Sabrina Carpenter fará o show de abertura, com previsão subir ao palco às 18h25.

    • Posso levar água para o show? 

    Sim, em embalagens seguras, como plástico, e lacradas. Não existe limite dos itens por pessoa.

    • E comida?

    Também pode, desde que seja industrializada e esteja lacrada

    • O que devo levar?

    Documento oficial com foto, ingresso e comprovante de meia-entrada (se aplicável). Também é recomendável levar alimentos permitidos (como barrinhas de proteína), água, casaco e capa de chuva, além de óculos escuros.

    • Qual a previsão do tempo para os dias de shows? 

    Diferente dos shows no Rio, que ocorreram durante uma forte onda de calor, a expectativa é de frio e chuva na capital paulista.