Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Viola Davis compartilha vídeo de entrevista com Anitta; assista

    No vídeo, a cantora brasileira fala sobre priorizar sua paz e cuidar de si mesma

    Em suas redes sociais, Viola Davis compartilhou trecho de entrevista de Anitta
    Em suas redes sociais, Viola Davis compartilhou trecho de entrevista de Anitta Foto 1: Leon Bennett/Getty Images for The Recording Academy | Foto 2: Reprodução/YouTube

    Ana Beatriz Diasda CNN

    A atriz americana Viola Davis, utilizou as suas redes sociais para compartilhar um vídeo de uma recente entrevista de Anitta à um podcast dos Estados Unidos. No vídeo, a brasileira fala sobre priorizar a sua saúde mental e tomar conta de si mesma.

    “Isto! O sucesso na vida não o torna digno. Você é digno… agora…”, escreveu Davis. Na entrevista ao podcast On Purpose with Jay Shetty, Anitta menciona: “Agora eu comecei a priorizar minha paz, meu tempo, a cuidar de mim, porque eu acho que as pessoas te parabenizam muito sobre o seu sucesso profissional. ‘Ah, você está indo muito bem’ e isso soa como se você precisasse disso para ser alguém”.

    Durante a sua fala, a dona de “Funk Generation” ainda defendeu a criação de uma lei para limitar a quantidade de riqueza que uma pessoa pode acumular e sugeriu a doação para causas sociais.

    Em seguida, ela ainda afirmou que, após um certo valor atingido por cada um, o dinheiro deveria ser doado e investido em projetos que beneficiem a sociedade. “Eu criaria um limite de dinheiro que cada pessoa pudesse ter. Você pode ter até aqui. A partir daqui você terá que doar”, sugeriu.

    “Entendo que o dinheiro vem para aqueles que trabalham duro, que se esforçam, mas, para além desse teto, você não precisa de mais. Ninguém precisa ter tanto. Você precisa dividir”, disse a cantora.

    Atualmente, Anitta realiza sua primeira turnê internacional e já passou por cidades como Los Angeles, Cidade do México, Miami, Orlando, Nova York, entre outras.

    Anitta diz ter “começado do zero” internacionalmente