Vocalista do Roupa Nova, Paulinho morre aos 68 anos

Artista passou para o tratamento de um câncer do tipo linfoma e se recuperava de um transplante de medula óssea quando contraiu a Covid-19

Ludmila Candal, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

O cantor Paulinho, vocalista da banda Roupa Nova, morreu nesta segunda-feira (14), aos 68 anos.

Paulinho foi internado para um transplante de medula óssea, bem sucedido. Durante o tratamento, contraiu a Covid-19 e foi tratado para a doença. 

Segundo a assessoria da banda, no dia 30 do mês passado o artista testou negativo para o novo coronavírus. Apesar disso, as condições médicas o levaram a permanecer internado até esta segunda-feira, quando faleceu.

Paulinho, vocalista da banda Roupa Nova

O cantor Paulinho, vocalista do grupo Roupa Nova

Foto: Reprodução/Instagram

“Ele veio a falecer de falência de múltiplos órgãos após ser acometido pela infecção do vírus COVID 19. Paciente decorrente de outras co-morbidades, entre elas um transplante de medula óssea devido a um linfoma, ele teve uma parada cardiorrespiratória hoje, que levou à parada dos órgãos”, escreveu o Roupa Nova nas redes sociais.

Assista e leia também:

Nicette Bruno apresenta piora e Marco Ricca ainda não tem previsão de alta

Internada desde o início de dezembro, Palmirinha tem alta de hospital em SP

Em nota, o Hospital Copa D’Or lamentou a morte do cantor.

“O Hospital Copa D’Or  lamenta a morte do paciente Paulo César dos Santos na noite desta segunda-feira e informa que não tem autorização da família para divulgar mais detalhes”, diz o comunicado divulgado.

O cantor de 68 anos teve um quadro grave da Covid-19. Ele ficou algumas semanas internado no Rio de Janeiro para o tratamento da doença. O contágio pelo novo coronavírus aconteceu durante um tratamento de um câncer do tipo linfoma, que levou ao transplante de medula.

O grupo Roupa Nova é conhecido por sucessos como Whisky a Go GoDonaSapato Velho, entre outros clássicos. A banda, composta também por Serginho Herval, Kiko, Nando, Ricardo Feghali e Cleberson Horsth foi um dos grandes sucessos do Brasil nos anos 1980.

Mais Recentes da CNN