Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    “Wake Up Dead Man”: Netflix anuncia novo filme da franquia “Knives Out”

    O detetive Benoit Blanc retornará em 2025 para resolver um novo assassinato misterioso no terceiro filme da franquia

    Daniel Craig como o detetive particular Benoit Blanc em "Glass Onion: Um Mistério Knives Out", de 2022
    Daniel Craig como o detetive particular Benoit Blanc em "Glass Onion: Um Mistério Knives Out", de 2022 John Wilson / Netflix © 2022

    Fernanda Pinottida CNN

    A Netflix anunciou, nesta sexta-feira (24), o terceiro filme da franquia de mistérios “Knives Out”: “Wake Up Dead Man”, que estreia na plataforma em 2025.

    O detetive particular Benoit Blanc, interpretado por Daniel Craig, voltará para desvendar quem é o culpado em um novo assassinato misterioso. O cenário e os novos suspeitos ainda não foram revelados.

    A franquia, escrita e dirigida por Rian Johnson, teve início com “Entre Facas e Segredos” (“Knives Out”, em inglês), de 2019, no qual Benoit Blanc teve que descobrir a verdade por trás da morte de um escritor milionário ao lado da enfermeira Marta Cabrera (Ana de Armas).

    O detetive voltou em “Glass Onion: Um Mistério Knives Out”, de 2022, em uma viagem para a Grécia na qual solucionou um novo assassinato cometido na propriedade do bilionário da tecnologia Miles Bron (Edward Norton).

    Rian Johnson publicou, em suas redes sociais, um teaser anunciando o retorno de Benoit Blanc para um terceiro filme.

    “Adoro tudo sobre whodunnits [gênero de filme no qual é preciso descobrir qual dos suspeitos cometeu um assassinato], mas uma das coisas que mais adoro é o quão maleável é o gênero. Há todo um espectro tonal de [John Dickson] Carr a [Agatha] Christie, e explorar esse espectro é uma das coisas mais interessantes em fazer nos filmes de Benoit Blanc”, publicou Johnson.

    “Estamos prestes a começar a produção do terceiro e estou muito, muito animado para compartilhar o título, que dá uma pequena dica de para onde ele está indo”, acrescentou.

    Crimes reais: seis produções que retratam histórias de homicídio