NBA e associação anunciam acordo para retorno da liga em 30 de julho


Henrique Andrade, da CNN em São Paulo
26 de junho de 2020 às 16:59
Bola de basquete

Bola de basquete

Foto: Divulgação/NBA (26.jun.2020)

A NBA finalizou acordo com a NBPA (Associação Nacional de Jogadores de Basquete) em reunião nesta sexta-feira (26), permitindo o reinício da temporada em 30 de julho, no complexo da Disney em Orlando (Flórida). Das 32 equipes da liga, somente as 22 com melhor percentual de vitória até a suspensão dos jogos, em 11 de março, vão disputar as partidas.
 
O plano de reinício prevê protocolos rígidos de segurança e saúde para os jogadores, além de proibir a presença de torcedores nas três arenas onde as partidas serão realizadas. Os atletas ficarão isolados nos hotéis do complexo da Disney e não terão acesso às atrações dos parques.

Leia também:

NBA define formato de disputa para retorno da temporada

NBA oferece a jogadores anel que pode vir a identificar Covid-19

“Nós trabalhamos juntos com a Associação de Jogadores para estabelecer um plano de reinício que prioriza a saúde, preserva a justiça competitiva e providencia uma plataforma para tratar de questões de justiça social”, afirmou o Comissário da NBA, Adam Silver. “Somos gratos à Disney por seu papel em sediar os jogos e tornar possível o retorno, e agradecemos também as autoridades de saúde e infectologistas que nos ajudaram a desenvolver os protocolos médicos necessários”, completou.
 
A NBA destacou a importância dos procedimentos de saúde em meio à crítica situação da Flórida nos últimos dias. O estado registrou 8.942 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, recorde diário desde o início da pandemia. Já são 122.960 casos totais, e mais de 3.330 mortes causadas pela doença. Entre os 302 jogadores da NBA testados nesta sexta, 16 apresentaram diagnóstico positivo para o novo coronavírus, e devem permanecer em isolamento individual.
 
Em 11 de março, a liga foi suspensa devido à pandemia. Quase cinco meses depois, os 22 times com melhor campanha vão disputar as 16 vagas nos playoffs, oito em cada Conferência (Leste e Oeste). O calendário dos jogos ainda será divulgado. De acordo com a NBA, as finais devem terminar até, no máximo, 13 de outubro.