Flamengo vence Palmeiras nos pênaltis e conquista título da Supercopa do Brasil

Após empate no tempo normal por 2 a 2, equipe rubro-negra conquistou o troféu em duelo no Mané Garrincha

André Rigue, da CNN, em São Paulo
11 de abril de 2021 às 13:32 | Atualizado 11 de abril de 2021 às 13:37
Gabigol comemora após marcar para o Flamengo
Gabigol comemora após marcar para o Flamengo
Foto: Francisco Stuckert/Fotoarena/Estadão Conteúdo

O Flamengo conquistou o título da Supercopa do Brasil, neste domingo (11), em Brasília, ao derrotar o Palmeiras por 6 a 5, nos pênaltis, após empate no tempo normal por 2 a 2, em duelo disputado no estádio Mané Garrincha.

A Supercopa do Brasil é disputada em um único jogo entre o atual campeão do Brasileirão, o Flamengo, e o atual campeão da Copa do Brasil, o Palmeiras.

É o segundo título do Flamengo da Supercopa. No ano passado, o rubro-negro derrotou o Athletico-PR por 3 a 0.

O duelo

No jogo deste domingo, o Palmeiras marcou logo no primeiro minuto com Raphael Veiga, com um belo gol ao limpar a marcação de Arão e arrematar.

O Flamengo chegou ao empate com Gabigol, aos 23 minutos da etapa inicial, ao aproveitar rebote após bola na trave de Filipe Luís.

Os atletas do Palmeiras, que teve o técnico Abel Ferreira expulso, reclamaram da arbitragem de Leandro Vuaden, que marcou um pênalti sobre Wesley aos 40 minutos do primeiro tempo, mas alterou para falta fora da área após auxílio do VAR.

A virada do Flamengo chegou ainda na etapa inicial. Aos 48 minutos, Arrascaeta recebeu de Bruno Henrique e chutou sem chances para o goleiro Weverton.

O Palmeiras contou com as entradas de Gabriel Menino, Danilo, e Gabriel Veron no segundo tempo. O time melhorou o volume ofensivo e chegou ao empate através de um pênalti, desta vez confirmado, sofrido por Rony ao ser puxado por Rodrigo Caio. Raphael Veiga cobrou e converteu, aos 28 minutos.

Nos pênaltis

Os minutos finais foram marcados por uma confusão entre jogadores reservas dos dois times. O duelo ficou no 2 a 2 e a decisão foi para os pênaltis. Nas cobranças, Filipi Luís (FLA) acertou a trave, Weverton pegou a cobrança de Matheuzinho (FLA), Diego Alves defendeu o chute de Luan (PAL). Danilo (PAL) acertou a trave. Nas cobranças alternadas, Diego Alves pegou os chutes de Gabriel Menino (PAL) e Mayke (PAL), enquanto Weverton defendeu o chute de Pepê (FLA). Rodrigo Caio marcou o último pênalti e o Flamengo ganhou por 6 a 5.