Atletas brasileiros começam a embarcar para os Jogos de Tóquio

Equipe de judô já treina na cidade de Hamamatsu; recuperado da Covid-19, técnico Renan Dal Zotto também fala sobre expectativas do vôlei

Da CNN, em São Paulo
12 de julho de 2021 às 14:03

Faltando 11 dias para a abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, os atletas brasileiros já embarcam rumo à capital japonesa.

O jornalista Fernando Gavini, repórter do site Olimpíada Todo Dia, viajou ao Japão para participar da cobertura dos Jogos, que será feita em parceria entre o portal e a CNN, com entradas ao vivo, reportagens e conteúdos exclusivos.

Os cuidados por causa da pandemia de Covid-19 continuam e só viaja quem tiver o resultado negativo para a doença. Por mais que todos os atletas  brasileiros estejam vacinados, a preocupação permanece.

"Vamos ter que dar mais atenção para esses protocolos e cuidados, e dividir nossa atenção não só com os jogos", diz a atleta do tênis de mesa Bruna Takahashi.

A seleção de judô já está treinando na cidade de Hamamatsu, local em que o judoca Eduardo Katsuhiro morou quando criança.

"Dessa vez vai ter muitas restrições, não vou poder encontrar a galera. Mas só de estar na cidade que cresci vou ter energia diferenciada e creio que vou chegar mais forte no dia que lutar", afirma Katsuhiro.

Mas é certo que ninguém chegará a Tóquio tão forte quanto Renan Dal Zotto, técnico da seleção brasileira de vôlei masculino, que se recuperou de um quadro gravíssimo da Covid-19. Ele chegou a ficar intubado, mas se recuperou a tempo de viajar com a equipe para o Japão.

"Tive recuperação bastante intensa da Covid-19, mas consegui recuperar quase a minha plenitude física e estou muito empolgado. É uma competição extremamente importante para o nosso esporte e temos que ir com força total", incentiva o técnico.

Atletas brasileiros começam preparativos para a Olimpíada de Tóquio
Foto: Reprodução/CNN Brasil (12.jul.2021)