Alfa Romeo anuncia primeiro piloto chinês da história da Fórmula 1 para 2022

Após se despedir do italiano Antonio Giovinazzi, equipe anuncia Guanyu Zhou como companheiro de Valtteri Bottas para próxima temporada

Zhou está em segundo lugar na atual temporada da Fórmula 2
Zhou está em segundo lugar na atual temporada da Fórmula 2 Fórmula 1

Henrique Andradeda CNN

Ouvir notícia

A Alfa Romeo anunciou nesta terça-feira (16) a contratação de Guanyu Zhou para a temporada de 2022. O piloto de 22 anos será o primeiro chinês titular em uma equipe da Fórmula 1 da história, e fará parceria com o finlandês Valtteri Bottas, que deixará a Mercedes no fim do ano.

Zhou está atualmente em segundo lugar na Fórmula 2, e está acostumado com a elite do esporte, já que também cumpre a função como piloto de testes da Alpine Renault na Fórmula 1.

O chinês irá assumir o lugar do italiano Antonio Giovinazzi, que anunciou sua saída da Alfa Romeo também nesta terça. Neste ano, com o fraco carro da equipe suíça, Giovinazzi conquistou apenas um ponto.

“É um privilégio iniciar minha carreira na Fórmula 1 com uma equipe icônica, que já trouxa tantos jovens talentos para a Fórmula 1 no passado. Meu sonho agora é realidade”, disse Zhou. “Ser o primeiro piloto chinês na Fórmula 1 é um avanço para a história do automobilismo chinês”, completou.

Fréderic Vasseur, chefe da Alfa Romeo, disse que “é um prazer ter Guanyu Zhou em nossa equipe”. adicionando que ele “é um piloto talentoso, e estamos ansiosos em desenvolver esse talento na Fórmula 1”.

Mais Recentes da CNN