Corinthians derruba último invicto e lidera o Brasileiro; Santos sobe para 2º

Triunfo contra Red Bull Bragantino levou o Corinthians a 12 pontos, isolado na primeira posição

Partida entre Red Bull Bragantino x Corinthians realizada no Estádio Nabi Abi Chedid em Bragança Paulista/SP, neste domingo (08)
Partida entre Red Bull Bragantino x Corinthians realizada no Estádio Nabi Abi Chedid em Bragança Paulista/SP, neste domingo (08) ESTADÃO CONTEÚDO

Leandro Silveiracolaboração para a CNN

Ouvir notícia

Em um domingo de 3 empates e 3 vitórias dos visitantes no Campeonato Brasileiro, o Corinthians foi até o interior paulista para se manter na liderança. No Nabi Chedid, derrotou o Red Bull Bragantino por 1 a 0, com gol de Renato Augusto, pela quinta rodada da competição. Assim, derrubou o último invicto do torneio.

O triunfo levou o Corinthians a 12 pontos, isolado na primeira posição. O time é seguido pelo Santos, único mandante a vencer nos sete jogos realizados neste domingo. A equipe da Baixada chegou aos 10 ao golear o Cuiabá por 4 a 1, na Vila Belmiro, com um a mais do que o terceiro colocado América-MG.

Derrotado pelo Corinthians, o Bragantino é o quarto colocado, com os mesmos oito pontos de outros 4 times: São Paulo (5º), que ficou no 1 a 1 com o Fortaleza, no Castelão, Atlético-MG (6º), Botafogo (7º), que venceu o Flamengo por 1 a 0, no Mané Garrincha, e Internacional (8º), que empatou por 1 a 1, com o Juventude, em Caxias do Sul.

A igualdade por 1 a 1 também foi o placar do duelo entre Palmeiras e Fluminense, no Allianz Parque. Em clássico estadual, o Goiás venceu o Atlético Goianiense por 1 a 0, no Antonio Accioly. Ao fim do jogo, Fellipe Bastos, do time esmeraldino, afirmou ter sido alvo de ato racista por torcedor do clube adversário, que o teria chamado de “macaco” duas vezes.

Vitória magra mantém Corinthians na frente

Assim como no último domingo, quando superou o Fortaleza, o Corinthians contou com mais uma vitória magra para se manter na liderança do Brasileirão. Dessa vez, fez 1 a 0 no Red Bull Bragantino, no Nabi Chedid, que recebeu 9.993 torcedores. Assim, caiu uma invencibilidade de 14 jogos, com 10 vitórias e 4 empates, da equipe do interior paulista como mandante. Além disso, o Bragantino também ainda não tinha perdido no Brasileirão.

O duelo deste domingo foi especial para o zagueiro Gil, que atuou pela 350ª vez pelo Corinthians. E foi um dos destaques de uma partida de predomínio das defesas, com o primeiro tempo tendo apenas duas finalizações, ambas do Bragantino.

Mas o cenário mudou na etapa final. E logo aos 9 minutos, Renato Augusto abriu o placar, aproveitando erro do adversário na saída de jogo, se esticando todo para finalizar às redes. O gol, porém, não alterou o cenário da partida, que continuou travada. Na melhor chance do time da casa, Ytalo acertou a trave, em cabeceio, aos 27 minutos.

Goleada deixa Santos em segundo

O Santos se recuperou no Brasileirão da derrota para o São Paulo, resultado que o tirou da liderança, com uma bela atuação. Diante de 7.256 torcedores, goleou o Cuiabá por 4 a 1, na Vila Belmiro, em noite de grandes atuações de Léo Baptistão e Bryan Ângulo. Assim, ganhou a quinta seguida como mandante nesta temporada. Derrotado, o Cuiabá parou nos sete pontos, em 11º lugar.

O grande destaque do primeiro tempo foi Léo Baptistão. Logo aos dois minutos, após cruzamento, ele recebeu passe de peito de Madson e girou batendo para o gol, fazendo 1 a 0. O Cuiabá empatou aos 11, com Alesson, de cabeça, depois de cruzamento de Uendel. Mas Baptistão voltou a reaparecer. Aos 36, Lucas Pires cobrou falta e o meia-atacante ajeitou de cabeça para Marcos Leonardo empurrar a bola para o gol, recolocando o time alvinegro na frente do placar.

Na etapa final, o brilho foi dos atacantes reservas, acionados do banco por Fabián Bustos. Aos 30 minutos, após mais um cruzamento, Bauermann desviou para Angulo tocar para o gol. Depois, aos 33, em contra-ataque, o equatoriano lançou Rwan Seco. O atacante disparou em velocidade e tocou por cima, fazendo um golaço: 4 a 1 para o time de melhor ataque do Brasileirão, com dez gols.

São Paulo cede empate ao lanterna

No Castelão, que recebeu 25.518 pessoas, Fortaleza e São Paulo empataram por 1 a 1, em um duelo com gols no segundo tempo. Hoje à frente do clube do Morumbi, o técnico Rogério Ceni recebeu aplausos da torcida do time da casa, pelo qual foi campeão estadual duas vezes, além da Copa do Nordeste de 2019 e da Série B de 2018. Foi o primeiro ponto somado pela equipe cearense, que continua em último lugar no Brasileirão. Já o time do Morumbi segue sem vencer como visitante.

Acionado no intervalo por Rogério Ceni, Luciano marcou aos 11 minutos, como havia acontecido na partida anterior pelo Brasileirão, contra o Santos. Ele recebeu ótimo passe de Igor Gomes na grande área e chutou cruzado para fazer 1 a 0. Mas Yago Pikachu empatou com um golaço, premiando a postura ofensiva do seu time. Aos 23, recebeu cruzamento de Juninho Capixaba e bateu de chapa, de primeira, acertando o ângulo da meta adversária. Foi o décimo gol do artilheiro do Fortaleza na temporada 2022.

Botafogo aumenta pressão sobre o Flamengo

No Mané Garrincha, o Botafogo encerrou uma série de oito tropeços diante do Flamengo, com sete derrotas e um empate, ao vencê-lo pela primeira vez desde novembro de 2018, por 1 a 0. O único gol da partida foi marcado por Erison.

Com o resultado, o Flamengo parou nos 5 pontos, na 14ª posição, o que deveu aumentar a pressão sobre o clube e o técnico Paulo Sousa, que fez um confronto de treinadores portugueses com Luís Castro, acompanhado por 54.981 torcedores.

As principais chances de gol foram do Flamengo, que acertou a trave com Willian Arão e teve um gol de Gabriel anulado pelo VAR. Gatito Fernández ainda brilhou com oito defesas, muitas delas difíceis. E quem marcou foi o Botafogo. Aos 5 minutos do segundo tempo, Erison cortou David Luiz fora da área e chutou forte, para garantir o triunfo do time alvinegro.

Inter leva gol no fim e fica fora do G4

Em confronto gaúcho no Alfredo Jaconi, Juventude e Internacional empataram por 1 a 1, em duelo com gols na etapa final, ambos em jogada de bola parada. Foi a segunda igualdade consecutiva do time colorado, que perdeu a oportunidade de ascender na tabela e fechar o domingo no G4. Já o Juventude empatou pela terceira vez e continua sem ganhar, em 18º lugar, na zona da degola, com 3 pontos.

O Inter abriu o placar logo no começo da etapa final, no segundo minuto, com um gol de cabeça de Vitão, após cobrança de falta. Depois, o time ainda promoveu a reestreia de Alan Patrick. Nos acréscimos, Óscar Ruiz, também após um levantamento na área, testou para as redes, igualando o placar no Alfredo Jaconi.

Empate deixa Palmeiras e Flu longe dos líderes

Em um jogo quente no Allianz Parque, o que incluiu discussões entre as comissões técnicas, Palmeiras e Fluminense empataram por 1 a 1, seguindo distantes das primeiras colocações. O time paulista está em 13º lugar, com 6 pontos, um a mais do que o carioca, com 5, em 15º. O resultado foi pior para o Palmeiras, que, liderado por Dudu, teve mais volume de jogo diante do Fluminense, que perdeu Ganso, lesionado, ainda na etapa inicial.

Os gols saíram no segundo tempo. E o primeiro foi de Dudu, aos 26 minutos, completando um cruzamento fechado de Gustavo Scarpa. Foi a 80ª vez que o atacante marcou pela equipe alviverde. Mas o time visitante respondeu aos 37. No lance, Caio Paulista encontrou Cano na grande área. O centroavante bateu de primeira e igualou o placar do duelo, acompanhado por 28.776 torcedores.

Goiás vence a primeira e afunda rival

Em confronto estadual entre times que ainda não haviam vencido no Brasileirão, o Goiás se deu melhor e derrotou o Atlético-GO por 1 a 0, no Antonio Accioly, que recebeu 4.683 pessoas. Assim, respirou na briga contra o rebaixamento ao chegar aos 5 pontos, em 16º lugar. O seu rival segue na zona da degola, com apenas 3, em 19º.

Um gol de Elvis, logo aos 40 segundos, colocou o Goiás em vantagem. Mas, depois, o time sofreu, pois ficou com um jogador a menos a partir dos 25 minutos, por causa da expulsão de Henrique Lordello. Porém, contou com as sete defesas do goleiro Tadeu para garantir o triunfo.

Resultados e agenda

A 5ª rodada do Brasileirão havia sido aberta no sábado (7) com dois jogos: Atlético-MG 1 x 2 América-MG e Athletico-PR 1 x 0 Ceará. E vai ser encerrada nesta segunda-feira (9) com o confronto Avaí x Coritiba, às 20 horas.

Mais Recentes da CNN