Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Atlético-MG: Arana pode atingir marca expressiva contra o Democrata; veja

    Lateral-esquerdo chegou em 2020 ao clube e disputou 172 partidas pelo Galo

    Guilherme Arana marcou o primeiro gol da vitória do Atlético-MG contra o Grêmio na Arena MRV
    Guilherme Arana marcou o primeiro gol da vitória do Atlético-MG contra o Grêmio na Arena MRV Pedro Souza/Atlético-MG

    Leonardo Gimenezda Itatiaia

    Uma das lideranças técnicas do Atlético-MG, Guilherme Arana pode alcançar uma marca expressiva no duelo com o Democrata. Caso entre em campo pelo Galo neste domingo (28), às 16h, o lateral-esquerdo vai completar 300 jogos na carreira dentro da Arena MRV, em Belo Horizonte.

    Das 299 partidas como jogador profissional, Guilherme Arana disputou 172 delas com a camisa alvinegra. A estreia do defensor pelo Atlético-MG foi realizada em fevereiro de 2020. Desde então, no período, o lateral marcou 16 gols, deu 26 assistências e conquistou seis títulos: três Campeonatos Mineiros (2020, 2021 e 2022), um Campeonato Brasileiro (2021), uma Copa do Brasil (2021) e uma Supercopa do Brasil (2022).

    Antes da bola rolar pela segunda rodada do Mineiro, Arana relembrou as dificuldades enfrentadas na carreira e valorizou a futura marca pelo Galo.

    “Começar mais uma temporada no Atlético-MG e poder alcançar a marca expressiva de 300 jogos como profissional é muito especial. Não tem como não pensar em tudo que enfrentei e superei, desde criança, e passa um filme pela cabeça. Foram muitos obstáculos e, sempre com o apoio da minha família, consegui me manter firme em busca do meu sonho”, disse o lateral.

    “Já é a minha quinta temporada pelo clube e mais da metade das minhas partidas na carreira eu disputei com essa camisa. Isso significa muito pra mim. Eu e minha família temos um carinho mais do que especial pelo Galo e pela cidade de Belo Horizonte.”

    Ainda conforme Arana, o Atlético-MG representou um passo importante na sua carreira, especialmente para chegar à Seleção Brasileira.

    “Muitos dos momentos inesquecíveis da minha trajetória vivi aqui no Atlético-MG. Conquistei vários títulos, ganhei prêmios individuais e cheguei à Seleção. Assim como nos outros clubes, nada foi fácil e contei com a ajuda de muitas pessoas. Não tenho dúvidas de que 2024 será outro ano repleto de desafios complicados, mas temos um elenco qualificado e iremos brigar por todos os títulos possíveis, começando pelo Campeonato Mineiro”, encerrou.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original