Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Botafogo: Textor critica ambiente do Nilton Santos e valoriza ano

    Dono da SAF botafoguense esteve no estádio neste domingo (3), contra o Cruzeiro

    John Textor não gostou das cobranças de parte da torcida
    John Textor não gostou das cobranças de parte da torcida Vitor Silva/Botafogo

    Matheus Dantasda Itatiaia

    Presente no Estádio Nilton Santos neste domingo (3), John Textor não tem uma resposta para o que aconteceu com o Botafogo na reta final de 2023. Após o empate sem gols com o Cruzeiro, que acabou com as chances de título, o empresário norte-americano admitiu a dor pela perda da taça, mas fez questão de valorizar o progresso do clube desde o início de sua gestão, em 2022.

    “Os torcedores não gostam de ouvir isso, mas tivemos progresso. Saímos da Série B, disputamos a Sul-Americana este ano, vamos lutar por mais três pontos na rodada final e vamos disputar a Libertadores em 2024. Isso é progresso”, afirmou John Textor.

    “É doloroso. Eu sinto pelos torcedores. Não sei o que criou tanta angústia, ansiedade, dor. Eu vim ajudar, esses jogadores vieram ajudar. Eles não criaram 30 anos de luta. Eu não criei. Estamos tentando consertar, passo a passo”, completou o proprietário da SAF do Botafogo.

    John Textor só pôde ir ao estádio por conta de um efeito suspensivo obtido pelo clube após a decisão do STJD, na última sexta (1º), quando o Tribunal suspendeu e multou o dirigente.

    No Rio de Janeiro, Textor viu o time amargar a nona rodada sem vitórias no Brasileirão. São cinco empates e quatro derrotas, o que fez o Alvinegro deixar a primeira posição e cair para o quinto lugar.

    Decepcionado com os resultados, o dirigente falou sobre o “ambiente difícil” que encontrou no Estádio Nilton Santos.

    “Eu estou aqui há 18 meses. Peguei um clube em processo de falência que tinha só três jogadores com experiência de Série A. Alguns desses homens que hoje não são apreciados foram os que nos fizeram sonhar. Eles estão trabalhando em um ambiente muito difícil, tentando se encontrar novamente. São jovens que nos deram momentos incríveis neste ano”, afirmou.

    “Mas é muito decepcionante a forma como encerramos o campeonato. Não conseguimos nos reencontrar. Não soubemos lidar com alguns desafios, especialmente de fora do campo. É decepcionante”, concluiu o proprietário da SAF alvinegra.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original

    Mais Recentes da CNN

    Mais Recentes da CNN