Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Copa América: Argentina provoca Drake com música de rapper rival

    Canadense havia apostado 300 mil dólares em vitória do Canadá na semifinal

    Jogadores da Argentina comemoram a classificação à final da Copa América
    Jogadores da Argentina comemoram a classificação à final da Copa América Elsa/Getty Images

    Da CNN

    A Argentina aproveitou a classificação à final da Copa América para provocar o rapper canadense Drake, que havia apostado 300 mil dólares (cerca de R$ 1,6 milhão) na vitória do Canadá sobre a equipe de Lionel Messi.

    Em publicação no Instagram, a conta oficial da Albiceleste postou uma foto da seleção com a música “Not Like Us”, do rapper estadunidense Kendrick Lamar, que é desafeto de Drake. Na legenda, o texto: “Uma equipe que quebra qualquer aposta”.

    A Argentina venceu o Canadá por 2 a 0 nesta terça-feira (9), na semifinal da Copa América, e garantiu vaga na decisão do torneio. Os comandados de Lionel Scaloni buscam o bicampeonato consecutivo da competição.

    Publicação da Argentina no Instagram com música de Kendrick Lamar
    Publicação da Argentina no Instagram com música de Kendrick Lamar / Reprodução/Instagram

    Entenda a briga entre Kendrick Lamar e Drake

    A briga pública entre Lamar e Drake ganhou um novo capítulo no último dia 4 justamente com o lançamento do clipe de “Not Like Us”.

    A música havia sido o penúltimo capítulo da treta entre o norte-americano e o canadense. Conhecida como uma “diss track“, esse tipo de faixa é comum no rap, quando um rapper quer criticar e ofender publicamente outro.

    “Not Like Us” acusa Drake, por exemplo, de sentir atração e se envolver com menores de idade. Agora, com o clipe, Kendrick deixou mais explícito o que sente.

    Nas imagens, Kendrick Lamar aparece destruindo um pinhata em formato de coruja, animal símbolo da OVO, marca guarda-chuva de Drake que reúne uma gravadora e uma marca de roupas. O clipe conta ainda com um aviso irônico (“Nenhuma puta da OVO foi ferida durante as gravações deste vídeo”, em tradução livre do inglês) e mostra imagens da família de Kendrick reunida.

    A treta entre os dois é antiga e começou quando, na letra de “Control”, Kendrick disse que iria matar Drake e outros rappers. A confusão seguiu com trocas de farpas esparsas nas letras um do outro e se intensificou quando, em abril, o canadense lançou “Push Ups” tirando sarro das colaborações do desafeto com ícones da música pop, como Taylor Swift e Maroon 5.

    A coisa esquentou para valer nas semanas seguintes, com consecutivas distracks — isto é, raps feitos para atacar uma pessoa frontalmente — e trocas de acusações como uso de IA, infidelidade, pedofilia e abandono parental.

    Entenda a briga entre os rappers Kendrick Lamar e Drake

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas