Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Coudet detona imprensa após vitória do Inter: “Alguns aqui me assassinam”

    Colorado estreou com vitória no Brasileirão e amenizou crise

    Coudet criticou imprensa após vitória do Internacional
    Coudet criticou imprensa após vitória do Internacional Foto: Reprodução/ Inter TV

    Marcel Rizzoda Itatiaia

    O técnico Eduardo Coudet saiu aliviado da primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O Internacional virou sobre o Bahia, no Beira-Rio, em Porto Alegre, por 2 a 1, e amenizou a crise após o Colorado não chegar à final do Gaúcho e iniciar a Copa Sul-Americana com dois empates.

    O técnico argentino disparou contra a imprensa. Depois do 0 a 0 contra o Real Tomayapo-BOL, no meio de semana, alguns jornalistas e influenciadores divulgaram que o treinador se irritou no vestiário e teria chegado a pedir para deixar o clube. Coudet nega que isso tenha acontecido.

    “O torcedor não tem que consumir m****. Tem quatro ou cinco jornalistas aqui que me assassinam. Não fui mal-educado. Em 2020, me fritavam o tempo todo. ‘Sou o pior treinador do mundo’, falavam. Os números não são tão ruins. Temos que acreditar e ir juntos.”, disse Coudet.

    O treinador chegou a ser vaiado no intervalo do confronto deste sábado, quando o jogo ainda estava empata por zero a zero. Ele fez alterações na equipe, colocando Fernando como zagueiro, Bruno Gomes e Thiago Maia como volantes, e Lucca no ataque junto com Borré. Não deu certo.

    No segundo tempo ocorreram alterações, com Fernando de volta ao meio-campo. Só que antes da virada, o Internacional tomou um susto com o gol de Biel para os baianos. Só que Wesley, que substitua Lucca, e Fernando, na nova função, marcaram para a virada.

    “Me cobrem. Gosto de ganhar. Sempre fui respeitoso. Mas como entrei quebrando o vestiário e hoje está tudo bem? Conheço muito do que falam aí. Esses caras não estão na torcida. Estão em um camarote fechado ou nem no estádio”, disse Coudet.

    O treinador elogiou a atuação de sua equipe no segundo tempo e acha que há uma evolução à vista.

    “Importante hoje era ganhar. E conseguimos uma produção eficiente no segundo tempo, o time jogou bem. Não me parece uma situação tão drástica pelo que aconteceu, essa situação tensa”, disse o argentino.

    O Internacional volta a campo na próxima quarta-feira (17), contra o Palmeiras, na Arena Barueri, na região metropolitana de São Paulo, pela segunda rodada do Brasileirão. O jogo começa às 20h (de Brasília).


    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original