Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Relembre carreira de Fernandão, ídolo do Internacional que morreu há dez anos

    Capitão colorado no histórico ano de 2006 morreu há exatamente uma década

    Fernandão com a taça do Mundial de Clubes conquistada sobre o Barcelona, em 2006
    Fernandão com a taça do Mundial de Clubes conquistada sobre o Barcelona, em 2006 Divulgação / Inter

    Da CNN

    Considerado um dos maiores ídolos da história do Internacional, o ex-atacante Fernandão morreu há exatamente uma década, aos 36 anos. Em 7 de junho de 2014, o helicóptero onde estava o ex-centroavante e mais quatro pessoas caiu em um acampamento às margens do Rio Araguaia, em Aruanã (GO).

    Era o fim de uma trajetória de sucesso. Goianiense nascido em em 18 de março de 1978, Fernando Lúcio da Costa é cria do Goiás, pelo qual estreou entre os profissionais em 1995 e conquistou oito títulos.

    Com a camisa esmeraldina, foi pentacampeão goiano (1996 a 2000) e campeão brasileiro da Série B (1999), além de ter vencido duas edições da extinta Copa Centro-Oeste (2000 e 2001).

    Em 2001, foi vendido ao Olympique de Marseille, permanecendo no futebol francês até 2004, quando teve uma breve passagem pelo Toulouse e retornou ao Brasil para aturar pelo Internacional.

    No Beira-Rio, construiu idolatria eterna. Foram  77 gols em 190 jogos — incluindo o Gol Mil dos Gre-Nais. Além disso, empilhou títulos: Gauchão 2005 e 2008, Libertadores de 2006, Mundial de Clubes de 2006 e Recopa Sul-Americana de 2007, além do vice no Brasileirão de 2005.

    Ainda houve tempo de ser campeão catari com o Al-Gharafa, em 2009, voltar para defender o Goiás entre 2009 e 2010 e defender o São Paulo entre 2010 e 2011, pelo qual foi semifinalista da Libertadores de 2010.

    Fernandão defendeu a Seleção Brasileira no amistoso que marcou a despedida de Romário com a camisa canarinha, contra a Guatemala, em 2005, e, na época do acidente fatal, se preparava para comentar a Copa do Mundo de 2014, no Brasil, pelo SporTV.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas