Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Após venda, empresário pede para Estevão autografar camisa: “Fui para o Chelsea”

    André Cury publicou foto ao lado de Leila Pereira, presidente do Palmeiras

    Leila Pereira, presidente do Palmeiras, ao lado de André Cury, empresário de Estêvão
    Leila Pereira, presidente do Palmeiras, ao lado de André Cury, empresário de Estêvão Reprodução/Instagram

    Da CNN

    O Palmeiras confirmou, neste sábado (22), a venda do atacante Estevão ao Chelsea. Após o anúncio, André Cury, empresário do atleta, publicou uma foto ao lado de Leila Pereira, presidente do clube, com uma camisa branca assinada pelo jogador. 

    “Dia 22/6/2024 fui para o Chelsea”, está escrito na blusa, que conta também com a assinatura “E. Willian”.

    O agente ainda parabenizou Leila e o Palmeiras pela negociação. Segundo o jornalista italiano Fabrizio Romano, especializado em transferências de jogadores, os valores podem chegar a 61 milhões de euros (R$ 355 milhões), assim, a venda pode se tornar a mais cara da história do futebol brasileiro.

    “Parabéns para a presidente Leila Pereira e a todo o estafe do Palmeiras por continuar fazendo história e sacramentar no dia de hoje a maior venda da América para a Europa de todos os tempos”, escreveu André Cury nas redes sociais.

    Nascido em 2007, Estevão ganhou holofotes no futebol brasileiro ao ser apelidado de “Messinho”, ainda nas categorias de base do Cruzeiro. Em 2022, o jovem jogador foi para o Palmeiras, onde completou a transição e estreou como profissional em 2023.

    Estevão passou a ser titular na equipe de Abel Ferreira neste ano e foi peça decisiva em partidas do Verdão. Em 22 jogos pelo time principal, foram quatro gols e três assistências até então.

    O atleta fez o primeiro jogo como profissional em dezembro do ano passado, no empate em 1 a 1 contra o Cruzeiro no Mineirão, no jogo que garantiu o título do Campeonato Brasileiro ao Palmeiras.

    Em abril deste ano, aos 16 anos, 11 meses e 18 dias, Estêvão fez o terceiro gol da vitória de 3 a 1 sobre o Liverpool-URU, pela segunda rodada da Copa Libertadores, e se tornou o terceiro jogador mais jovem da história do clube a balançar as redes entre os profissionais.


    Acompanhe CNN Esportes em todas as plataformas