Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Sem jogar e cabisbaixo, Dudu demonstra abatimento no Palmeiras

    Atacante pode ser envolvido em troca com Gabigol, do Flamengo

    Dudu em treino recente do Palmeiras
    Dudu em treino recente do Palmeiras Cesar Greco/Palmeiras/by Canon

    Brenno Costada Itatiaia

    Fazia poucos minutos que o Palmeiras tinha acabado de vencer o Bahia por 2 a 0, nesse domingo (7), quando os atletas que não atuaram na partida precisaram fazer um treinamento no gramado do Allianz Parque. Entre eles, estava o atacante Dudu.

    O jogador, que se vê envolvido em mais uma novela sendo o principal ator de uma troca envolvendo Gabigol, do Flamengo, parecia cabisbaixo. Ele caminhou até uma das barras no campo e sentou em uma bola em silêncio (veja imagem abaixo).

    Possível troca estourou antes do jogo

    Foi assim que Dudu demonstrou sinais de abatimento depois que a notícia da negociação estourou. Palmeiras e Flamengo negociam uma alternativa para destravar a saída imediata de um dos maiores ídolos da história recente do clube da Gávea, Gabigol.

    Dudu é a peça que a diretoria rubro-negra quer receber em troca para liberar o atleta ao rival de imediato.

    A movimentação dos bastidores veio à tona minutos antes de a partida começar. Foi no meio dessa pressão que Dudu subiu ao gramado para o jogo, sentou no banco de reservas e viu atletas com quem disputa posição ganhar chances no decorrer da partida.

    Entraram no lado esquerdo do Verdão Caio Paulista e Vanderlan. Dudu só assistiu.

    Abel Ferreira comenta situações de Dudu e Gabigol

    Após o confronto, o técnico Abel Ferreira explicou o motivo de não ter colocado o camisa 7 em campo. Declarou que conta com o jogador, mas depois se esquivou sobre a possibilidade de aceitar uma troca por Gabigol.

    Em menos de um mês, esse é o segundo capítulo que coloca Dudu à porta de saída do Palmeiras. No primeiro deles, foi o próprio atacante que se encaminhou para deixar o clube. Ele aceitou uma oferta do Cruzeiro, mas, com a repercussão do caso, voltou atrás e decidiu seguir no Alviverde.

    Desde então, o clima não é o mesmo de outrora. Afinal, a própria presidente Leila Pereira chegou a declarar que esperava que Dudu aceitasse a oferta do clube celeste. Fato que acabou não se concretizando.

    Ao decidir ficar no Palmeiras, Dudu ganhou apoio imediato dos jogadores. Por outro lado, ouviu de Abel Ferreira que precisava seguir o “comboio” e lutar para reconquistar espaço após ficar quase dez meses em recuperação de uma grave cirurgia no joelho direito. Desde que voltou de lesão, o atacante disputou três partidas.

    O que diz o capitão Gómez

    O zagueiro Gustavo Gómez também foi questionado sobre essa possível negociação. O atleta evitou em entrar no mérito do caso de Dudu, mas abriu as portas para a chegada de Gabigol.

    “Nós não sabemos (sobre a negociação). Só trabalhamos para jogar futebol. Essa parte fica com a diretoria. Qualquer jogador bom, vai ser bem recebido aqui no Palmeiras”, disse o capitão do Palmeiras.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original